• Este grupo é para que os amantes e maragogipanos possam discutir a Cultura, Política, o Cotidiano, a História e a vida na cidade de Maragogipe. "Dubito, ergo cogito, ergo sum"

  • O blog Ecos da HIstória é um difusor da História de Maragogipe, além de questionador de ideias do senso comum e transmissor dos conteúdos históricos! Sinta-se na história.

  • Neste Canal do Youtube você pode acompanhar os vídeos produzidos por Zevaldo Sousa, além de outros clássicos da prudução cultural ligada a historia de Maragogipe.

  • Procurando a sua turma? Seus amigos e familiares? Procurando informações sobre sua cidade? Nesta página você encontra links para algumas comunidades e cidades do Recôncavo.

  • Nesta página você encontra links para álbuns fotográficos e os links para os três blogs de festas da cidade (Carnaval, Festas Juninas e a grandiosa Festa de São Bartolomeu)

  • Nesta página especial, o leitor poderá entrar em contato com a administração do blog, com colunistas, emitir opiniões, tirar dúvidas, questionar e enviar suas cartas e fotos.

segunda-feira, 25 de maio de 2015


A senadora Lídice da Mata pediu a união da bancada baiana no Senado e na Câmara Federal em torno da retomada das obras do Estaleiro Enseada do Paraguaçu, em Maragogipe, na região do Recôncavo. 

Ela participou, juntamente com o senador Walter Pinheiro e deputados federais e estaduais do encontro realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), que discutiu a situação do empreendimento. “O Brasil e a Bahia não podem perder isso. É preciso que a gente se uma em torno dos interesses da Bahia, uma vez que o país vive um momento de dificuldades politicas e econômicas. 

Além do estaleiro, temos outro grande gargalo, que é a situação das empresas eletrointensivas, pois o governo precisa enviar uma Medida Provisoria, a fim de atender as empresas implantadas no Nordeste, sobretudo na Bahia e em Alagoas”, disse. 

A obra contou com investimentos de R$ 1,6 bilhão, através de financiamento aprovado no Fundo da Marinha Mercante. Destes, R$ 1 bilhão foi liberado e os R$ 600 milhões continuam sendo aguardados. “É preciso que a Petrobrás libere logo este montante, pois 82% da obra já foi concluída”, afirma o presidente do Consórcio Enseada do Paraguaçu, Fernando Barbosa. Para Lídice, o Estaleiro é um ponto de partida fundamental para a retomada da economia baiana. “Além do investimento macro, pequenos e microempresários investiram na região por conta do empreendimento e hoje eles estão completamente quebrados”, contou. De acordo com a senadora, a cada dia que a obra permanece parada, mais cara fica a sua retomada.

Foto: Marcelo Gentil
Os desafios para a conclusão das obras do Estaleiro Enseada Indústria Naval levaram a bancada federal baiana – senadores e deputados de vários partidos –, representantes do Estado e de municípios, empresários e trabalhadores a se unirem num debate realizado, nesta segunda-feira (25), na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). O projeto tem apoio do Governo do Estado e, no pico das atividades, chegou a gerar mais de sete mil empregos na região, formada pelos municípios de Maragogipe, Salinas da Margarida, Saubara, Santo Antônio de Jesus e Nazaré, no Recôncavo. baiano.

O presidente do Estaleiro, Fernando Barbosa, se reune neste final de tarde com o governador Rui Costa para tratar do assunto. Barbosa afirma que o empreendimento sempre teve o apoio do Governo do Estado. “Em nenhum momento houve mudança nesse parâmetro. Desde que os acionistas resolveram investir na Bahia, na gestão de Jaques Wagner, o Estado deu um apoio extremo, e agora, com o governador Rui Costa, a nossa parceria é muito estreita”.

O novo secretário do Desenvolvimento Econômico, Jorge Hereda, também destacou o apoio do governo como articulador para que as obras sejam retomadas. “A questão é continuar articulando, colocar o peso político do Estado da Bahia, como tem sido feito desde o começo”.

A prefeita de Maragogipe, Vera Lúcia dos Santos, afirmou que a região estava se desenvolvendo com o andamento das obras. “Com o estaleiro, estava todo mundo abrindo as portas do seu comércio, construindo hotéis, pousadas, bares, restaurantes, cada um com sua independência e também com os empregos gerados, que foram mais de sete mil. Com o fechamento do estaleiro, toda a região sofre”.

domingo, 24 de maio de 2015


A Secretaria de Serviços Públicos realizou na noite desta sexta (22), uma reunião com comerciantes da cidade para falar sobre a obra de recapeamento asfáltico de algumas ruas. O objetivo do encontro foi apresentar os benefícios da obra e também informar sobre o fechamento das vias durante a execução do projeto.

Participaram do encontro o secretário da pasta, Luís Fernando Ribeiro, a prefeita Vera Lúcia e demais secretários municipais. A prefeita Vera aproveitou o momento para pedir a compreensão de todos durante a obra. “Teremos alguns desconfortos com o fechamento das ruas, mas ao final o resultado será positivo”, afirma a gestora.

A obra é fruto do convênio com o Governo Federal, através do Ministério das Cidades. De acordo com o secretário Luís Fernando, além da pavimentação asfáltica entre as intervenções estão a recuperação da pavimentação de paralelepípedos e drenagem de toda a rede que corta as vias envolvidas no projeto.

O início da execução do projeto está previsto para esta segunda (25). As ruas que serão beneficiadas são Manoel de Oliveira Lopes, Maestro J. P. Rebouças, Visconde de Macaé, São Bartolomeu, Geni de Morais, Siqueira Campos, Monsenhor Adolfo Cerqueira, Rua das Cabaceiras (região da UPA 24h), trecho da Avenida José Tinoco, Travessa Capitão Mor e Ladeira do Corte.

Fonte: Ascom / Maragogipe

O Plenário da Câmara dos Deputados dedicará todas as sessões deliberativas, de terça-feira (26) a quinta-feira (28), para a discussão e votação da reforma política (PECs 182/07 e outras). Na segunda-feira (25), a reunião de líderes partidários definirá os procedimentos para a votação da matéria, que deverá ser analisada por partes.

Segundo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, os temas poderão seguir a seguinte ordem: sistema eleitoral; financiamento de campanhas; proibição ou não da reeleição; duração dos mandatos de cargos eletivos; coincidência de mandatos; cota de 30% para as mulheres; fim da coligação proporcional; e cláusula de barreira.

Se prevalecer essa ordem, o Plenário analisará primeiro o chamado “distritão”, modelo que acaba com o atual sistema proporcional para eleição de deputados e vereadores e determina a eleição dos mais votados pelo sistema majoritário.

Caso o “distritão” conseguir o apoio de 308 votos, o Plenário passará para o próximo tema, o financiamento. Do contrário, o Plenário discutirá uma outra opção de sistema, o distrital misto, em que parte das vagas será preenchida pelo sistema proporcional e o restante pelo sistema majoritário. Se esse tema perder, será analisado então o sistema de listas partidárias. E se os três modelos forem rejeitados, mantém-se o atual.

O texto dependerá de emendas aglutinativas que poderão ser apresentadas ao longo da votação. Essas emendas surgem do aproveitamento de emendas apresentadas ao texto original e parte ou não do texto, resultando em nova redação que contenha relação com as emendas usadas como suporte.

Votação na comissão
A votação da PEC 182/07 na comissão especial está marcada para segunda-feira, às 14 horas. Se a votação não ocorrer com celeridade, até a manhã de terça-feira, existe ainda a possibilidade de o presidente da Câmara avocar a matéria para votação diretamente no Plenário.

Mandatos
De acordo com o parecer do relator da reforma política, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), todos os mandatos terão a duração de cinco anos, contra os quatro atuais. Pela proposta, os cinco anos valeriam ainda para os senadores a partir de 2027. O aumento do mandato está vinculado à ideia do fim da reeleição, exceto para os mandatos dos Legislativos municipais, estaduais, distrital e federal.

Para a transição do tempo de mandato coincidir com as eleições gerais unificadas em um único ano, os senadores eleitos em 2018 terão mandatos de nove anos. Atualmente, eles têm mandatos de oito anos.

Conforme o substitutivo do relator, o presidente da República, os governadores e os deputados eleitos em 2018 terão mandatos de quatro anos. Já os prefeitos e vereadores eleitos em 2016 terão mandatos de seis anos. Assim, pela proposta, a partir de 2022, todos os mandatos passarão a ser de cinco anos, com exceção dos senadores, para os quais a regra valerá a partir da eleição seguinte.

Cláusula de desempenho
Quanto à cláusula de desempenho, o relator prevê uma transição nas duas próximas eleições – 2018 e 2022.

Pelo texto, somente a partir de 2027 valerá por inteiro a cláusula de desempenho partidário: só terão direito a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à televisão os partidos com representação no Congresso Nacional que obtiverem no mínimo 2% dos votos apurados, distribuídos em pelo menos 1/3 dos estados, com, no mínimo, 1% do total em cada um deles.

Em 2018, terão acesso a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à TV os partidos com representação no Congresso.

Em 2022, só terão direito a recursos do Fundo Partidário e acesso gratuito ao rádio e à TV os partidos com representação no Congresso que obtiverem, no mínimo, 1% dos votos apurados.

Congresso
Para as 19 horas de terça-feira, está marcada sessão do Congresso Nacional para analisar cinco vetos presidenciais a projetos de lei. Entre os vetos que devem ser votados está o dispositivo relacionado à lei que restringe a fusão de partidos (13.107/15).

O trecho vetado da lei concedia prazo de 30 dias para os parlamentares mudarem para um partido criado por meio de fusão, sem a punição de perda do mandato. A justificativa da presidente Dilma Rousseff para o veto foi a de que isso daria aos partidos resultantes de fusão o mesmo caráter de partidos novos.



As inscrições para a edição 2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam na segunda-feira, 25 de maio, a partir das 10h. Os candidatos deverão efetuar a inscrição pela internet, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), até as 23h59 do dia 5 de junho.

As provas do Enem 2015 ocorrerão nos dias 24 e 25 de outubro. Em 2014, mais de 8,7 milhões de estudantes se inscreveram no exame. Clique aqui para acessa o edital do Enem 2015.

Taxa de inscrição
Neste ano, o preço da inscrição do Enem subiu: candidatos terão que pagar R$ 63 para participar das provas. No ano passado, o valor era de R$ 35. Estudantes que estão cursando o ensino médio em 2015, matriculados na rede pública de ensino, e aqueles que comprovarem baixa renda terão isenção da taxa. Quem não for isento deverá pagar o valor até 10 de junho.


A partir deste ano, os candidatos isentos que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o benefício para a próxima edição. O objetivo da medida é reduzir os índices de abstenção e, com isso, evitar desperdício de recursos público gastos na realização da prova.

Como se inscrever no Enem?

Os documentos necessários para se inscrever no Enem são identidade e CPF. O número do CPF deve ser do próprio candidato – não é permitido usar o cadastro de pais ou responsáveis. Quem for maior de 18 anos e quiser utilizar o Enem para retirar a Certificação de Conclusão do Ensino Médio deve indicar o objetivo já no ato de inscrição. Os estudantes menores de 18 anos que fizerem o Enem não poderão utilizar a nota no exame para tentar ingressar em instituições de ensino superior caso não estejam cursando o terceiro ano do ensino médio: eles participarão das provas apenas na condição de treineiros.

Outra mudança para 2015 é que o candidato deverá usar um “ endereço de e-mail único” para fazer a inscrição, ou seja, não será possível fazer mais de uma inscrição cadastrando o mesmo endereço de e-mail. Esse uso era frequente, por exemplo, em caso de escolas que usavam o mesmo endereço para efetuar as inscrições de todos os alunos. Ou seja, o candidato que por ventura não tiver um endereço de e-mail deverá criar um, já que não pode usar uma conta que já esteja inscrita no Enem.

Nome social

Travestis e transexuais poderão solicitar este ano o uso do nome social no Enem, assim como ocorreu na edição de 2014. Para evitar fraudes, a inscrição dos candidatos que pretendem ser identificados pelo nome social terá alterações: eles devem fazer se inscrever normalmente, no período estabelecido no edital, e encaminhar cópia de documento de identificação, foto recente e formulário disponível on-line, preenchido, entre os dias 15 e 26 de junho. O envio do formulário deverá ser feito por meio do sistema do participante, na página do Enem na internet.

Para que serve o Enem?

O Enem é, atualmente, a principal porta de entrada para o ensino superior no Brasil. Desde 2009, a prova passou a ser usada por instituições públicas de ensino superior como critério de seleção em substituição aos vestibulares tradicionais, com a criação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A prova também é pré-requisito para quem quer participar de programas de acesso ao ensino superior e de financiamento público, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e as bolsas de estudo no exterior do Ciência sem Fronteiras, além do Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

Com informações da Agência Brasil (EBC)

sábado, 23 de maio de 2015


Incompetência da COELBA que está deixando o poste ficar nesta situação sem trocá-lo, nem fazer ao menos uma visita técnica apesar dos pedidos dos moradores e comerciários do local.

Irresponsabilidade da Prefeitura de Maragogipe que deveria cuidar e zelar pelo município como um todo, afinal ela é a responsável direta pela organização da cidade e está permitindo que a COELBA mantenha este poste numa situação irregular.

Quem será responsabilizado quando este poste cair e provocar um grave acidente? E se alguma pessoa morrer eletrocutada? 

Tanto a Prefeitura de Maragogipe quanto a COELBA está deixando suas responsabilidades de lado, estão sendo omissas com relação a esta realidade.

E este poste da rua Siqueira Campos, área comercial de Maragogipe, continua prestes a cair, com os fios soltos pois um caminhão passou na semana passada e arrancou a fiação.

Triste Maragogipe!!!
A comunidade de Nagé aguarda ansiosamente que a Prefeitura de Maragogipe retome as obras da Escola Municipalizada Dr. Odilardo Uzêda Rodrigues. Hoje, dia 23 de maio, recebemos mais uma postagem via facebook da professora e presidente da Associação dos Professores Municipais de Maragogipe, Lilian Denise Sicopira que compartilhou fotos e texto de Magally Moura. Veja:


CADÊ A PARTE DIRETIVA EDUCACIONAL DE MARAGOJIPE POR ONDE ANDA!!! QUEREMOS UMA SOLUÇÃO!!!

Os pais dos alunos da Escola Municipalizada Dr. Odilardo Uzêda Rodrigues, querem uma providência urgente sobre a reforma inacabada, que está parada há 7 meses. Os alunos estão estudando nessas condições, isso é um absurdo. Se não tinha como terminar a reforma por que começou? O imóvel que foi alugado foi tomado por falta de pagamento. E nesse tempo de chuva pior fica! Nossas crianças tem o direito de estudar em um ambiente agradável e com conforto. 






A comissão do Trabalho, Administração e Serviços Públicos (CTASP) da Câmara dos Deputados inspecionou o canteiro de obras do Estaleiro Paraguaçu, em Maragogipe, nesta sexta-feira (22). O maior investimento privado da Bahia nos últimos anos teve suas obras paralisadas devido à crise política e administrativa na Petrobras. 

A comissão é presidida pelo deputado federal paraibano Benjamin Maranhão (SDD) e coordenada, na Bahia, por Bebeto Galvão (PSB), e a comitiva contou com o deputado federal Jorge Solla (PT), membro da comissão de Fiscalização e Controle, dos deputados estaduais Fabíola Mansur (PSB), Luciano Simões Filho (PMDB), além de prefeitos da região como Jorginho Castelucci, de Salinas, Duda Macedo, de São Felix, Vera Lucia dos Santos, de Maragogipe e Arandas, de Jaguaripe. 

Após uma audiência pública em Salinas das Margaridas, na Região Metropolitana de Salvador, a diligência quer reunir detalhes sobre a situação do empreendimento para exigir o retorno das atividades. A paralisação das obras gerou impactos por conta da demissão em massa dos trabalhadores. Em seu período de pico, a obra chegou a gerar 7 mil empregos diretos. "Esse não é um empreendimento que interessa apenas os acionistas das empresas. 

O estaleiro é uma conquista da Bahia, portanto a bancada baiana no congresso precisa endurecer o jogo contra o governo até que a solução seja garantida. Não podemos admitir que o maior empreendimento da Bahia se transforme no mais assustador elefante branco da história", afirmou Galvão. Segundo ele, para que as atividades sejam retomadas, o governo precisa cumprir o que foi prometido. "É preciso que o governo autorize o empréstimo através do Fundo da Marinha Mercante, que é específico para a estruturação de estaleiros, e esse investimento já foi inclusive aprovado, basta cumprir. 

Além disso, é necessário que a Petrobrás reafirme seu compromisso para garantir os contratos, pois essa postura de não se posicionar só tem fomentado a insegurança econômica. A Petrobras precisa sair da posição de gato acuado", declarou.

Fonte: Bahia Notícias

ARQUIDIOCESE DE SÃO SALVADOR
PARÓQUIA DE SÃO BARTOLOMEU
MARAGOGIPE – BAHIA

COMISSÃO DE FESTAS E SERVIÇOS PAROQUIAIS DIVULGA OFICIALMENTE CALENDÁRIO DA FESTA DE SÃO BARTOLOMEU 2015, CONFORME AGENDA ANUAL DA PARÓQUIA.

04/07/15 - Pregão.
01/08/15 - Preparação para as festividades - às 17h00 horas Adoração ao Santíssimo Sacramento, concluindo com a Santa Missa às 19:00 horas.
02/08/15 - Bando Anunciador - 09h00
16/08/15 - Lavagem do Templo – 09h00
21/08/15 - Início do Novenário – 19h30
22/08/15 - 46ª Regata Aratu/Maragogipe (conforme divulgado no site oficial da coordenação da via náutica)
23/08/15 - Lavagem Popular
24/08/15 - Dia de São Bartolomeu - Missas: 05h00; 10h00
30/08/15 - Domingo da Festa – Missas: 10h00; 16h00
31/08/15 - Missa Comunitária: 08h00; Procissão – 16:00

Fone: (75) 3526-2166/1027
Blog: paroquiadesaobartolomeu.blogspot.com
Email: paroquiadesaobartolomeu@hotmail.com
Obs. Eventos Populares a cargo da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Cultura e Turismo

A Bahiatursa publicou, no Diário Oficial desta sexta-feira (22), o Edital de Chamamento Público para seleção de até 170 projetos de apoio aos festejos juninos de 2015 para integrar o ‘São João da Bahia’, que também contempla as festas de Santo Antônio e São Pedro. A seleção dos projetos caberá à Comissão de Avaliação, composta por integrantes indicados pelas secretarias do Turismo (Setur), de Relações Institucionais (Serin) e de Cultura (Secult), Casa Civil e Superintendência de Fomento ao Turismo - Bahiatursa.

A superintendência selecionará também propostas de bandas e artistas de forró para compor a programação artística do ‘São João da Bahia 2015’. Serão avaliados aspectos como o estilo musical (no caso o forró), audição, concepção artística e documentos de habilitação jurídica e fiscal.

Tanto as apresentações musicais quanto os convênios devem ser feitos entre 5 de junho e 5 de julho de 2015. A inscrição ocorrerá em dias úteis de 25 de maio a 4 de junho de 2015, das 8h30 às 18h, por meio do preenchimento de formulário padronizado e entrega dos documentos exigidos, exclusivamente no Protocolo Geral da Bahiatursa, Centro de Convenções da Bahia. O formulário de inscrição e o edital, com as regras, obrigações e exigências legais dos interessados, estão disponíveis no site da Bahiatursa.

Fonte: Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia
www.comunicacao.ba.gov.br

Pesquisar

    Sou cidadão e fiscalizo!!!

    Google+

    Minha lista de blogs