• Este grupo é para que os amantes e maragogipanos possam discutir a Cultura, Política, o Cotidiano, a História e a vida na cidade de Maragogipe. "Dubito, ergo cogito, ergo sum"

  • O blog Ecos da HIstória é um difusor da História de Maragogipe, além de questionador de ideias do senso comum e transmissor dos conteúdos históricos! Sinta-se na história.

  • Neste Canal do Youtube você pode acompanhar os vídeos produzidos por Zevaldo Sousa, além de outros clássicos da prudução cultural ligada a historia de Maragogipe.

  • Procurando a sua turma? Seus amigos e familiares? Procurando informações sobre sua cidade? Nesta página você encontra links para algumas comunidades e cidades do Recôncavo.

  • Nesta página você encontra links para álbuns fotográficos e os links para os três blogs de festas da cidade (Carnaval, Festas Juninas e a grandiosa Festa de São Bartolomeu)

  • Nesta página especial, o leitor poderá entrar em contato com a administração do blog, com colunistas, emitir opiniões, tirar dúvidas, questionar e enviar suas cartas e fotos.

sábado, 24 de janeiro de 2015

O jornal Tribuna da Bahia trouxe uma péssima notícia para os maragogipanos e para todos aqueles envolvidos no processo de construção do Estaleiro. Segundo informações do jornal, a crise da Petrobrás ameaça paralisar o projeto. Leia:


Por Albenísio Fonseca (Tribuna da Bahia)

Maior projeto privado da Bahia, com investimentos de R$ 2,6 bilhões, o estaleiro Enseada está praticamente paralisado. Dos 7.200 trabalhadores que operavam na implantação da estrutura até meados do ano passado, 5.700 foram demitidos.

Segundo o vice-presidente do Sintepav-Sindicato da Construção Pesada e Montagem da Bahia, Irailson Warneaux, dos 1.500 operários restantes, 600 foram colocados em férias e os 900 que permanecem na obra “não têm muito o que fazer desde que foi suspensa a entrega das ligas de aço por falta de pagamento aos fornecedores dessa que é a principal matéria prima utilizada na engenharia do equipamento”.

Ele foi taxativo ao afirmar que “o Enseada não tem mais fôlego financeiro para tocar o empreendimento, sem os recursos devidos pela Sete Brasil, e a obra deve ser paralisada completamente até o final desse mês”.

O Sintepav, inclusive, há duas semanas, acionou o Tribunal Regional do Trabalho e teve acatada a decisão do acautelamento de provisão para pagamento das rescisões trabalhistas dos 1.500 trabalhadores ainda empregados.

A dimensão do problema é mais grave quando se verifica o quadro social da interrupção da obra. Há centenas de empreendedores no entorno do estaleiro que investiram na construção ou instalação de hotéis, pousadas, bares e que estão, conforme o sindicalista, “completamente desesperados. A crise no estaleiro atinge todo o Recôncavo”. Segundo ele, os milhares de trabalhadores contratados também “adquiriram bens e não sabem como saldarão os financiamentos”. Para Warneaux, “o normal seria que chegássemos a dezembro, prazo estipulado para a conclusão do Enseada com cerca de três mil operários”. Ele mencionou o dique, ainda por construir e que requer, no mínimo, 1.500 trabalhadores.

Com o advento do “petrolão” (sistema de corrupção através de propinas instalado na Petrobras) envolvendo a OAS e a Constram-UTC, que tiveram executivos presos - empresas que junto com Odebrecht e Kawasaki controlam, o estaleiro Enseada - a construção de plataformas de petróleo e seis navios sonda para perfuração em campos do Pré-sal foi suspensa.

Crise decorre das exigências impostas pelo BNDES
A grave crise que se abate nos estaleiros de todo o país decorre da não liberação de financiamentos acordados com o BNDES para a Sete Brasil que tem a Petrobras, o BTG Pactual, o Itaú BBA e o Banco Bradesco entre seus sócios e credores e é a principal fornecedora de navios e sondas para a Petrobras.

A retenção decorre das exigências de garantias do banco estatal. Desde o final do ano passado, acionistas da Sete e a Petrobras vivem um impasse em relação a contratos firmados para a utilização dos navios-sonda. As dificuldades de entendimento têm comprometido a liberação do empréstimo do BNDES, tido como vital para a continuidade das operações da companhia.

Mesmo após reunião da presidente Dilma Rousseff com os presidentes do Banco do Brasil e BNDES na sexta-feira (16 de janeiro) da semana passada, visando destravar os empréstimos de aproximadamente R$ 10 bilhões, para a Sete Brasil, foi novamente postergada e pela terceira vez, desde 2012. A Sete Brasil conta com os recursos do BNDES para evitar um calote técnico que aceleraria os pagamentos de obrigações da companhia, disseram as fontes.

O primeiro dos três empréstimos do BNDES para a Sete Brasil, previsto para ser liberado em 2013, até hoje não saiu. A Sete tem a Petrobras, o BTG Pactual, o Itaú BBA e o Banco Bradesco entre seus sócios e credores. Como consequência, a empresa precisou levantar dinheiro junto a bancos públicos e privados em financiamentos de curto prazo, mais caros, o que elevou o custo da operação e aumentou o endividamento da companhia.

Diretor do Enseada reconhece
O diretor de Relações Institucionais e de Sustentabilidade do Enseada Indústria Naval S.A., Humberto Rangel, se posicionou sobre a grave crise que se abate sobre o empreendimento através de Nota encaminhada à redação da Tribuna sob o título “Enseada - Posicionamento sobre desmobilização”, na qual reconhece o “período de dificuldade enfrentando pela indústria naval brasileira” e assegura que “permanece acreditando e trabalhando em busca de sua plena recuperação”.

Segundo Rangel, o “Enseada é um dos mais importantes e modernos empreendimentos em implantação no Brasil, representando um dos maiores investimentos privados da Bahia nos últimos 10 anos, com recursos da ordem de R$ 2,7 bilhões”. Conforme o diretor, “atualmente com mais de 80% das obras concluídas, o Consórcio Estaleiro Paraguaçu (CEP), um dos principais fornecedores do Enseada, responsável pela construção do estaleiro, encerrou dezembro de 2014 com cerca de 2.200 trabalhadores no canteiro da obra, em Maragogipe. Em paralelo, cerca de 1.000 integrantes, estes contratados pelo Enseada, já atuavam em sua operação industrial”.

Ele ressalta, ainda, na Nota, que conforme anunciado em dezembro de 2014, o Enseada orientou que o consórcio construtor efetuasse a readequação do planejamento da obra com o consequente ajuste do seu efetivo. Neste cenário, foi informada a desmobilização inicial de 1.000 funcionários, tendo sido efetuado o desligamento de 470 pessoas em 9 de dezembro de 2014 e de 500 funcionários em 6 de janeiro de 2015".


A equipe maragogipana de futebol de base 'Bola de Ouro' conquistou o título da Copa Juvenil de Futebol de Base, realizada nesta semana, na cidade de Salinas da Margarida.

O título veio em boa hora, pois é motivo de orgulho para a nossa cidade. O professor Valdo postou um pouco da história do Bola de Ouro no seu perfil do facebook: "12 anos de luta em apoio esportivo e inserção social aos jovens de Maragogipe. Parabéns Bola de Ouro. Muitos tentam poucos conseguem. Mais um título para a nossa cidade, parabéns garotada."

E logo em seguida, desabafou "A sociedade de um modo geral precisa dar mais atenção aos nossos jovens. Me sinto realizado fazendo parte da formação cidadã desses jovens."

Parabenizamos ao Professor Valdo e ao preparador físico Zé Carlos, assim como a toda equipe do Futebol de Base 'Bola de Ouro' por esta conquista. Vocês mereceram esta conquista.



O governador Rui Costa (PT) anunciou nesta sexta-feira, dia 23 de janeiro, que pretende realizar um concurso público em 2015 para contratar professores para a rede pública estadual de ensino. “Vamos ter um concurso esse ano. Temos um grande vazio na área de física pela ausência de professores que não preenchemos no último concurso. Também temos um vazio na área de matemática e biologia”, disse Rui durante a visita do ministro da Educação, Cid Gomes (PROS), ao Instituto Anísio Teixeira. O petista também afirmou que irá "convencer" o secretário de Administração, Edelvino Góes, e o secretário da Educação, Osvaldo Barreto, a formatar um incentivo de permanência para professores que já possam se aposentar para que eles permaneçam na sala de aula, pelas dificuldades orçamentárias e de disponibilidade de professores nas diversas matérias. "Como temos professores com muita energia física e sabedoria, em plena capacidade de permanecer ensinando, mesmo com tempo pra aposentar, queremos que os professores adiem isso. Então nós iremos aumentar o adicional de permanência para que possamos ter fôlego para a reforma”, declarou Rui.


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Por Zevaldo Sousa

Neste dia especial. Data do meu aniversário, tenho um desejo muito mais do que especial. Na verdade, este desejo é um sonho antigo e, sem sombra de dúvida, um pedido especial.

Eu tenho um sonho. O sonho de ver a nossa Maragogipe trilhando um caminho do bem, de prosperidade e de paz. Trilhando um caminho de sucesso, de alegrias e de amor. Tenho um sonho de ver a nossa Maragogipe livre deste mal que está te destruindo. Livre daqueles políticos e daquelas pessoas que somente usa o poder pelo poder e mais nada.

Eu tenho um desejo. O desejo de ver a nossa Maragogipe mudar de verdade, longe de falsidades e mentiras. Desejo de ainda vislumbrar a juventude cheia de vida, longe da ociosidade, atarefada, com suas mentes ocupadas, longe da maldade daqueles que exploram sua inocência. Desejo ver este município  sendo representado por esta juventude em campeonatos e olimpíadas, em grandes clubes deste imenso país e orgulhosa em dizer que nasceu em Maragogipe. Desejo ver estudantes demarcando territórios, explorando esta terra e demonstrando com alegria seu conhecimento, compartilhando seu saber com os mais velhos e que estes possam vivenciar e orientar esta juventude com muita sapiência e amor.

Tenho um sonho. O sonho de ver a nossa cultura se reavivar, de ver nossos mascarados livres para brincar, de ver nosso Carnaval e nossa alegria exposta para todo o mundo, de ver nossas quadrilhas belas e cheia de charme, a nossa charanga empolgante e contagiante, e de ver nossa rica fé firme e forte no caminho das riquezas espirituais. Que São Bartolomeu proteja nosso município e a todos os maragogipanos e habitantes desta terra. Que Deus ilumine e preencha todos os nossos corações sempre!

Tenho um desejo. O desejo de ver esse município se tornar sustentável, respeitando o meio em que está inserido e reciclando-se, cotidianamente, com novas ideias e novas esperanças e não somente, em períodos eleitorais, momentos dos quais, nas últimas eleições, ficamos frustrados, decepcionados com nossas escolhas, só nos restando ter mais esperança em um futuro melhor.

Tenho um sonho. O sonho de ver nossos munícipes trabalhando por uma Maragogipe melhor, empolgados no processo de construção de uma sociedade mais justa, igualitária e humanitária. O sonho de ver nossos cidadãos gozando de boa saúde e qualidade de vida. O sonho de ver nossas crianças e jovens tendo uma educação de qualidade, com professores cheios de ideias e ideais positivos para passar para seus alunos.  

Estes, são meus sonhos e desejos. E acredito que também seja os sonhos e desejos de muitos maragogipanos que amam verdadeiramente esta terra maravilhosa, cheia de histórias para contar.

Atualmente, luto como posso, mas tenho uma vontade enorme de fazer muito mais por esta terra e sei que um dia, chegará este momento.

Agora que falei sobre os meus sonhos e desejos, qual será o meu pedido especial? Esse pedido eu vou deixar nas suas mãos, fique a vontade para pedir... Quem sabe, o seu sonho/desejo não seja atendido.

Que Deus nos proteja sempre e que continue abençoando esta terra maravilhosa que amamos muito.

Se você compartilha deste mesmo desejo, então compartilhe esta postagem.

Mais quatro equipes de servidores foram treinadas hoje (23) para utilização do sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe) em implantação nas comarcas de todo o interior e capital pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.

Somadas as quatro que foram treinadas durante a semana e outras cinco que também terão apresentação virtual nos próximos dias, o número de comarcas capacitadas ao PJe, nesta fase de implantação, chega a 13.

Antes das comarcas de Barra do Choça, Ibicaraí, Una e Poções, o sistema foi apresentado a Coaraci, Ubaitaba, Uruçuca e Itajuípe. Na próxima semana, a videoconferência vai chegar a Buerarema, Coraci, Lauro de Freitas, Bom Jesus da Lapa e Barra da Estiva.

O treinamento virtual de hoje (23) passou de três horas de duração. De uma sala no segundo andar do prédio anexo da sede do Tribunal, Aline da Conceição dos Santos, responsável pela capacitação, eliminou dúvidas que ainda resistiam.

Aline conectou seu notebook, entre 9 horas e pouco depois do meio-dia, com os equipamentos das comarcas. Entre os aspectos mais destacados pelos servidores, a busca rápida dos processos, incluindo de outras comarcas, está entre os preferidos.

Outro ponto positivo elogiado pelos servidores é a facilidade de operar com o fluxo de trabalho. “O sistema permite uma visibilidade plena do acervo, em meio digital, em vez das prateleiras e dezenas de caixas onde se buscava os processos antes do PJe”, disse.

Uma das alterações na rotina produtiva, para Aline, é a inversão da necessidade de ir ao cartório para movimentar um processo ou pedir o andamento da questão. “Já se pode levar o cartório onde o advogado ou o magistrado for, basta acessar a internet”, disse.

Antes, era preciso protocolar o documento para juntar ao processo, depois o cadastro teria de ser informado ao setor de distribuição e, só assim, os papéis podiam ser anexados. “Esse processo podia levar meses, agora dura alguns minutos com o PJe”.

O entusiasmo é compartilhado pelos servidores em rede, mas há motivos de preocupação, como toda novidade que causa surpresa. “Eles ficam ansiosos para criação de modelos de despachos, petição e também para certificado e assinatura digitais”.

Uma videoconferência, realizada no dia 26 de fevereiro de 2014, marcou o início da implantação do PJE. Menos de dois meses depois, a 13ª Vara de Fazenda Pública, instalada dia 8 de abril, no Fórum Ruy Barbosa, começava a operar com o programa.

O Judiciário baiano avançou tanto que passou a integrar o Grupo de Fluxo do PJe, criado pelo CNJ, compartilhando dificuldades e avanços da sua equipe de tecnologia com outros tribunais estaduais.

A implantação do PJe na Bahia gerou economia de R$ 1 milhão mensais, pois trata-se de um sistema gratuito, desenvolvido em parceria com o CNJ, ao contrário do anterior, propriedade de uma empresa privada, o que exigia pagamento de direitos operacionais.

Ao todo, 13 tribunais estaduais já operam com o sistema. Instituído em dezembro de 2013, pela Resolução CNJ 185, o PJe permite aos advogados a possibilidade de peticionar a qualquer hora, além melhorar o acompanhamento do processo.

Já utilizam o Processo Judicial Eletrônico as varas cíveis de Canarana, Irecê, Central, Gentio do Ouro, Xique-Xique, Barra, Cândido Sales, Itambé, Itororó, Iguaí, Itagibá, Gandu, Maracás, Ipirá, Mairi, Itanhém, Medeiros Neto, Mucuri, Caravelas, Alcobaça, Prado, Itamaraju, Itabela e Paulo Afonso; também a Vara de Registros Públicos e Acidentes de Trabalho de Feira de Santana, as varas da Infância e Juventude de Lauro de Freitas e Camaçari, a Vara da Fazenda Pública de Eunápolis, as varas de Família e de Fazenda Pública de Porto Seguro e a Vara de Acidentes do Trabalho e a 13° Vara de Fazenda Pública de Salvador.

As unidades que passam a receber petições por meio eletrônico a partir do dia 19 de fevereiro são as varas cíveis de Maragogipe, Candeias, Muritiba, Cachoeira, Dias D'Ávila, Governador Mangabeira, Santo Amaro, São Sebastião do Passé, Jeremoabo, Cícero Dantas, Ribeira do Pombal, Antas, Paripiranga, Tucano, Ubatã, Itacaré, Coaraci, Ubaitaba, Uruçuca, Itajuípe, Barra do Choça, Ibicaraí, Uma, Poções, Buerarema e Camacã.

Texto: Ascom TJBA
O vereador Eustílio de Carvalho Neto questiona, através do facebook, sobre um possível "processo seletivo fantasma" que está ocorrendo no município de Maragogipe. Segundo informações do vereador, ele está recebendo diversas denúncias sobre este processo seletivo que até o presente momento, não existe nenhum edital formalizado e publicado em jornais e diários oficiais.

O vereador aproveitou o momento para fazer queixa do não recebimento de respostas quando envia ofícios para a Prefeitura Municipal. Por quê será?


Por Eustílio de Carvalho Neto
"Bom Dia!
Gostaria de saber da Sec. de Administração do Município ou Gabinete da Prefeita a respeito de um Processo Seletivo "fantasma" que está se espalhando pelas ruas da cidade, estamos sendo procurados por diversas pessoas trazendo a denuncia que corre um processo seletivo no Município por baixo dos panos e que só será divulgado nas vésperas do encerramento das inscrições.

Não encaminhamos esta demanda através de oficio, pois nunca recebemos resposta, só não sabemos por quê: se não há o que responder ou incompetência dos mesmos. Gostaríamos de maiores explicações, em respeito à população.
Estamos a favor do povo em direitos e igualdades!
Neto!"
Este blog está aberto para esclarecimentos da Prefeitura Municipal de Maragogipe. A população aguarda por este processo seletivo, ou melhor, um CONCURSO de verdade para cargos efetivos a anos.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015


No próximo sábado, dia 24 de janeiro, a banda Tamburê, que vem realizando animados ensaios na Praça Pedro Arcanjo – Pelourinho, vai se apresentar no povoado de Nagé, localizado próximo às cidades de Maragogipe e São Félix. A festa é para comemorar a novena dos filhos da região residentes em Salvador e a entrada é gratuita.

Com um repertório bastante diversificado, mas sempre prezando pela música de qualidade, a Tamburê vai animar o público presente na tradicional festa. Canções inéditas e autorais como “Balanço Top”, que já está nas principais rádios de Salvador, “Perfil Fake” e “Vem no Tamburê” vão fazer todo mundo dançar. Mas muitas já conhecidas do grande público também serão interpretadas por Duller e seus músicos. A exemplo de “Matimba”, gravada por Cláudia Leitte, “Selo de qualidade”, que ganhou força com o Harmonia do Samba e canções do É o Tchan, que também agradam em cheio.

Serviço:
Show: Novena dos filhos de Nagé residentes em Salvador
Atração: Tamburê
Local: Praça principal de Nagé
Data: 24/01/2015 (sábado)
Local: Nagé (BA), próximo às cidades de Maragogipe e São Félix
Horário: 22h
Entrada gratuita

O assalto ocorreu, no dia 21 de janeiro, por volta das 21h no distrito de Nagé, no município de Maragogipe. De acordo com informações, o carro modelo Polo prata de placa, JMR-8019, pertencente ao vereador, Edcarlos Monteiro de Oliveira, conhecido como "Purungum de Nagé", do (PTB) que inclusive é morador do próprio distrito onde ocorreu o assalto, foi levado quando estava no poder de um filho que não teve o nome revelado.

Ainda segundo informações, os ladrões também levaram pertences da vítima. A polícia foi informada saiu na captura dos meliantes, encontrando o carro momentos depois, no Bairro da Comissão, na própria cidade.

Os criminosos conseguiram fugir e estão sendo procurados. O caso foi comunicado a delegacia, para que seja investigado. 

Fonte: Cruz na Tela

A Rua Gerhard Meyer Suerdieck, conhecida popularmente como Rua do Estadual, continua com sua sina de alagamentos. Neste ano de 2015, os alagamentos começaram bem cedo. Nesta semana, a rua do Estadual alagou nas enchentes da maré e nem chegamos no mês de Março. A população que já conhece esse fenômeno muito bem (A maré de Março) já começa a se preparar para dias ruins. 

Sem apoio dos governantes que por esta terra passaram e que ainda estão no poder. Os moradores da rua do Estadual aguardam por uma solução. Urgente!

Irei propor duas soluções. Não sei se serão bem aceitas, mas são possíveis soluções.
  1. Depois de reorganizar o sistema de esgotamento sanitário da região, poderia ser feita uma barragem fixa, atravessando todos os quintais das casas da região com o intuito conter a água da maré. mas para que isso venha a ocorrer, necessita planejamento e participação popular. A prefeitura tem condições de executar este projeto, basta querer.
  2. A outra opção seria a remoção das casas dessa região e implantação de casas populares em outro lugar da cidade, a ser escolhido após estudos técnicos. Após isso, reorganizar o  sistema de esgotamento sanitário da região e implantar uma barragem. Nesta opção, com parte do terreno das casas retiradas ainda pode ser revitalizada a área com múltiplos projetos.
Se eu fosse morador desta região, gostaria muito que algum responsável pelo poder público, assumisse o compromisso de mudar a realidade desta região.


Quem será o candidato do PT em 2016? Essa está sendo a pergunta de muitas pessoas no município de Maragogipe.

Hoje, recebemos a informação que o ex-deputado federal Luis Alberto poderá ser o candidato petista para a disputa das eleições de Maragogipe em 2016. Será verdade?

Segundo informações, Rui Costa poderá indicar o vice-prefeito nesta nova caminhada.

Agora fica a pergunta. Como ficará Digal e Ataliba? 


Pesquisar

    Sou cidadão e fiscalizo!!!

    Google+

    Minha lista de blogs