INFOGRÁFICO: Atual composição partidária da Câmara de Vereadores de Maragogipe e detalhes...


Em 2011, fizemos um infográfico para informar a população maragogipana como ficou a composição partidária da Câmara Legislativa naquela época. Dos nove vereadores, apenas dois haviam mantido os seus partidos originais. Na época, somente a vereadora Vera da Saúde (PMDB) e o vereador Aguinaldo de São Roque (PT) haviam permanecido em suas legendas. Os outros sete vereadores: Teck de Coqueiros, Zavo de Coimbra, Zé de Roque, Sandra, Keno e Rubinho haviam se filiado ao PSD, e o vereador Dércio Lima havia se filiado ao PSDC, herdando uma dor de cabeça tremenda com um processo de infidelidade partidária que o PSC havia ingressado contra ele.

Hoje, depois da notícia oficial de mudança partidária publicada no TSE, a Câmara de Maragogipe que tinha uma composição totalmente diferente daquela eleita pelo povo maragogipano, mudou novamente. 

Sim. Digo isso, pois apesar de alguns vereadores serem eleitos opositores a executivo, eles resolveram mudar. Várias vezes por sinal. E vale ressaltar, que essa mudança não é vista com bons olhos pela população maragogipana que já fez a limpa na Câmara Legislativa várias vezes. Perceba a que ponto chegamos, pois a base governista era para ser composta por apenas dois vereadores: Didi da Avenida (PSDB) e Purugum de Nagé (PTB), mas durante o ano, mudanças foram ocorrendo, chegou ao ponto da base governista ser composta por sete vereadores, e somente Didi da Avenida (PSDB) e Neto do PT faziam oposição e hoje, a base governista conta com apenas cinco vereadores.

Dentre eles: Quatro vereadores que se filiaram ao PROS:
  • O vereador Roque do Trator que havia sido eleito pelo PT para ser oposição, mudou de legenda para apoiar a prefeita; 
  • O vereador Renato Santana que havia sido eleito para ser oposição, resolveu migrar para a base governista durante vários meses, depois voltou a ser oposição, denunciando várias irregularidades e agora resolveu apoiar novamente a prefeita, mudando de legenda; 
  • O vereador José Benedito que foi eleito pelo PSC para ser oposição, resolveu mudar de legenda e apoiar a prefeita; 
  • e por fim o vereador Purugum de Nagé, único que permanece fiel à prefeita, apesar de ter mudado de legenda, foi eleito em sua chapa e continua apoiando.
O quinto apoio é o da vereadora Ana Leite, que após fazer acordo partidário, foi eleita presidente na condição de apoiar a prefeita.

Atualmente, dos sete eleitos para ser oposição, apenas quatro vereadores fazem oposição, sendo que um deles, havia sido eleito para a base governista e mudou logo no início do ano, veja:
  • O vereador Didi da Avenida (PSDB) que apesar de ter sido eleito pela chapa que apoiava a prefeita, depois de desentendimentos, passou a ser oposição desde o início do ano, e prometeu ser oposição até o fim do mandato; 
  • O vereador Neto do PT que já disse, sempre foi e sempre será oposição a prefeita; 
  • O vereador Zé de Roque (PSD) que apesar de ter sido eleito para ser oposicionista, resolveu apoiá-la, e neste mês de novembro, resolveu romper novamente; 
  • e por fim o vereador Fernandinho de São Roque (PSDC) que também foi eleito para ser oposição, resolveu apoiar a prefeita, e também neste último mês, resolveu voltar a ser oposição.
Com tantas mudanças, como é que políticos reclamam tanto do voto popular?

Comentários