Exposição coletiva promove interação entre a cultural baiana e global na Casa do Benin; Arte de Maragogipe é contemplada


A Casa do Benin recebe, entre os dias 10 de dezembro de 2013 e 10 de janeiro de 2014 a exposição coletiva “Interferência ou Semelhança Cultural”. A mostra será aberta ao público a partir de 11/12, podendo ser vista de segunda a sexta-feira, das 10 às 18h.

A exposição reúne a produção de cinco artistas italianos, são eles Michel G., Gerry Buschiazzo, Anna Rosa Lugiato, Patricia Monzio Compagnoni e Giuliano Ottaviani, sendo este também o curador. Considerando que Salvador é uma das cidades-sede que irá receber a Copa do Mundo da FIFA em 2014, a mostra busca criar um diálogo entre artistas internacionais e o público local, dando-lhe um caráter diverso e globalizado.

Através de linguagens, como pinturas, esculturas, cerâmica e tecido, os artistas formam uma espécie de mosaico cultural, exprimindo diferentes pontos de vista que associam temas, como o hiperrealismo, a cultura negra e elementos étnicos. Além disso, expressões culturais baianas, como a música, a capoeira e a arte de Maragogipe são representadas na exposição, mostrando as semelhanças, influências e diferenças entre a produção local e mundial.

Serviço:
O quê: Exposição Coletiva “Interferência ou Semelhança Cultural”
Quando: 10/12/2013, às 18h – Abertura – somente para convidados
11/12/13 a 10/01/14, das 10 às 18h: Aberta ao público
Onde: Casa do Benin – Rua Padre Agostinho Gomes, nº17, Pelourinho
A entrada é gratuita

Comentários