Governador anuncia novos investimentos para reabilitação do Centro Antigo de Salvador, Itaparica, Maragogipe e Santo Amaro


A Bahia receberá R$ 202 milhões de recursos do PAC Cidades Históricas que serão aplicados na revitalização e preservação do patrimônio histórico em Salvador, Itaparica, Maragogipe e Santo Amaro. Na capital, outras intervenções como recuperação de vias e construção de moradias também foram anunciadas nesta quarta-feira, 11, pelo governador Jaques Wagner no Palácio Rio Branco.

Uma série de novas intervenções orçadas em R$ 142 milhões para a reabilitação do Centro Antigo de Salvador foi anunciada pelo governador Jaques Wagner em cerimônia na manhã desta quarta-feira (11), no Palácio Rio Branco. Além das obras que já estão sendo executadas, serão aplicados novos recursos para recuperação de 326 ruas e calçadas, incluindo rota acessível e ciclofaixas. Além disso, serão construídas 359 habitações de interesse social. Durante o evento, foi anunciado também o investimento na recuperação de monumentos históricos em Itaparica, Maragogipe e Santo Amaro.

"Esse não é o primeiro investimento no Centro Antigo de Salvador. Desde 2007, fizemos um cadastramento e diagnóstico de toda a área com ações, muitas delas já desenvolvidas, como o projeto de acessibilidade, Programa Monumenta, que recuperou vários equipamentos, e a ampliação da presença da Polícia Militar", explicou o governador.

Serão feitas intervenções também em 23 monumentos na capital, como implantação do Centro de Referência da Cultura da Bahia, restauração do conjunto da rua da Conceição da Praia, restauração e implantação da biblioteca Anísio Teixeira, Igreja São Domingos, além da restauração do Forte São Marcelo.

Durante o anúncio, também foi assinado um acordo de cooperação técnica entre o Ministério da Cultura, o governo da Bahia e a prefeitura de Salvador para a recuperação do centro antigo. Além de acordos para a criação do fundo de investimento e construção de unidades habitacionais para a população de baixa renda, com a Caixa Econômica Federal (CEF) e protocolos de intenções com os ministérios do Planejamento e do Desenvolvimento Social.

Nos outros municípios baianos beneficiados, o PAC Cidades Históricas destinará R$ 13,17 milhões para a restauração de igrejas e do píer de atracação em Itaparica, R$ 15,74 milhões serão aplicados na restauração dos principais monumentos tombados de Maragogipe e mais R$ 31,08 milhões para a restauração de monumentos e implantação do campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em Santo Amaro.

De acordo com o superintendente do Iphan, Carlos Amorim, as obras de intervenção em Salvador começam imediatamente, com a execução de 70 imóveis.

Fotos: Manu Dias/GOVBA
Fonte: Secom / Governo da Bahia e A Tarde

Comentários