Com patrocínio da Petrobrás, Projeto CO2 Manguezal tem meta de recuperar áreas degradadas na Bahia



Será lançado na próxima quinta-feira (13/2), em Maragogipe (BA), o projeto CO2 Manguezal. A iniciativa, realizada através da Fundação Vovó do Mangue, visa à redução de impactos causados neste ecossistema, essencial para a sobrevivência de várias espécies, e que contribui para o sustento de uma população aproximada de 75 mil pessoas, além de amenizar o efeito estufa no planeta.

O objetivo principal do projeto, contemplado na seleção pública do Programa Petrobras Ambiental 2012, é o de recuperar 8 hectares – equivalente a 10 campos de futebol – de áreas degradadas na Baía de Todos os Santos, formadas por 4,5 hectares de manguezais em Maragogipe e 3,5 em São Francisco do Conde. Os manguezais serão reflorestados com 65 mil mudas de Mangue vermelho, Mangue siriúba e Mangue branco, três das espécies mais encontradas no sistema.

Entre as ações previstas, estão a promoção de cursos e palestras, apresentação de trabalhos práticos, publicação de informativos e cartilhas educativas. Serão formados 200 agentes multiplicadores, mais de dois mil estudantes do ensino fundamental e 10 moradores das comunidades, que vão divulgar o conteúdo dos informativos e cartilhas dirigidos para a população local; além da orientação socioambiental para 500 pescadores e marisqueiras nos dois municípios. Ao todo, cerca de 10 mil pessoas serão alcançadas pela atuação do projeto.

Para realização de estudos e análises aprofundadas do perfil estrutural do complexo de manguezais da Baía de Todos os Santos, a Fundação Vovó do Mangue firmou parcerias com a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio – Unidade de Maragogipe), com os conselhos gestores da APA Baía de Todos os Santos, e com a Reserva Extrativista Marinha Baía do Iguape (Resex). Também foram envolvidas as prefeituras e colônias de Pescadores de Maragogipe e São Francisco do Conde, e a Associação de Pescadores e Marisqueiras dos bairros da Comissão e Baixinha.

Para mais informações, acesse: http://www.co2manguezal.org.

Esta nota foi publicada no Blog Fatos e Dados da Petrobrás

Comentários