Sindicato e Associações realizam paralisação dos servidores municipais de Maragogipe

O ano de 2014 tem seu início na administração pública municipal com mais um contratempo. O motivo desta paralisação é o não atendimento do que ficou estabelecido no termo de conciliação feito entra a Prefeitura de Maragogipe e os servidores públicos municipais.

Leia os documentos que a Associação dos Professores de Maragogipe publicou em seu jornal:


Of. Nº APMM/001-2014
Maragogipe, 14 de janeiro 2014
Assunto: Acordo sobre a DENÚNCIA do não cumprimento do Termo de Audiência Conciliatória.
Senhor Chefe de Gabinete:

Temos a satisfação de cumprimentar Vossa Excelência ao tempo em que comunicamos que , caso não sejam respeitado o prazo de 30 de janeiro , como ficou acordado na última audiência no MP para que sejam apresentados:

  1. Fardamento e EPIS para todos os servidores;
  2. Estudo de impacto para elaboração do Plano de Cargos e Salários;
  3. Desconto em folha de pagamento de plano de saúde custeado pelo próprio servidor apresentado à Gestão Municipal;
  4. Planilha de liberação da licença prêmio de cada secretaria;
  5. Aumento da Regência recebida pelos servidores da educação, cujo estudo de viabilidade deveria ser apresentado pela Gestão Municipal até agosto/2013;
  6. Portaria das eleições para a Gestão Escolar Municipal; 
  7. Consulta ao Ministério do Trabalho no que concerne a parecer técnico sobre o adicional de periculosidade devido aos Guardas Municipais e Escolares;
  8. Repasse das contribuições sindicais descontadas dos servidores públicos municipais referente aos meses de novembro e dezembro/2012 ou documentação oficial que justifique a ausência do repasse;
  9. Reajuste salarial dos Professores do REDA, bem como sobre as gratificações denominadas “estabilidade financeira e quintos”, onde a Procuradoria responde à PETIÇÃO ADMINISTRATIVA feita por diversos servidores, opinando no sentido de ser realizado o reajuste utilizando-se o índice de correção da caderneta de poupança vigente à época.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Maragogipe – SIFUPREMA, e as Associações de Classes: irão organizar uma PARALISAÇÃO de advertência de 03 dias a partir do dia 03 de Fevereiro. Certos de que seremos atendidos desta vez, sem mais nenhum contratempo, enviamos votos de elevada estima e distinta consideração.

Lilian Denise da Silva Sicopira
Presidente da Associação dos professores Municipais de Maragogipe

Ao
Exmº. Sr.Gilberto Sampaio
DD. Secretário de Governo
Exma. Sra.Vera Lucia Maria dos Santos
DD. Prefeita Municipal de Maragogipe
C/C Profa. Ruth Marcia Silva Ferreira Silva
DD. Secretária Municipal de Educação.
C/C Augusto Bandeira Lopes
DD. Secretário Municipal de Administração
C/C Dra. Neide Reimão Reis
DD. Promotora de Justiça da Comarca de Maragogipe
Nesta

Os professores municipais entrarão em campanha salarial para o ano de 2014 e a APMM LEMBRA que as REIVIDICAÇÔES são “praticamente” as mesmas que não foram respeitadas em Audiência de CONCILIAÇÂO na mesa da JUÌZA.

Reivindicações:
• 10% de aumento salarial;
• Elaboração do PCCS;
• 20 % de aumento de regência;
• Eleição dos gestores escolares;
• Planilha de liberação da licença prêmio;
• Auxílio de 50% das mensalidades da graduação dos professores em formação;
• Mais segurança nas escolas – Qualificação e estruturação da guarda escolar.
• Reajuste salarial sobre as gratificações denominadas “estabilidade financeira e quintos”.
• Respeito a Lei do Enquadramento e ao Estatuto do Magistério no que se refere a concessão da mudança de nível.

Obs.: Salientamos que a maior parte das reivindicações ora apresentadas

Comentários