Carnaval 2014: Homem é assassinado por mascarados em Maragogipe


Um situação constrangedora para o município de Maragogipe. Um caso que já está fazendo toda a comunidade maragogipana repensar a sua própria história e cultura. O que podemos fazer para evitar que casos como este voltem a se repetir? 

O anonimato dos mascarados maragogipanos era a fantasia desejada por muitos. A mágica do Carnaval de Maragogipe está justamente o prazer de tentar descobrir quem está usando a máscara, mas como agir em casos extremos como este? 

Como maragogipano, estou entristecido em dar esta notícia. Estou sem jeito. Mas é a nossa tarefa. Hoje, dia 01 de março, em pleno Carnaval de Maragogipe, dois mascarados assassinaram um homem com tiros no Beco dos Canudos. 

Segundo informações dos moradores e do policial militar presente no local, José Garcia das Neves recebeu tiros quando estava deitado numa casa e veio a óbito. Antes de receber os tiros, José estava se divertindo com colegas num bar, e retornou para a residência - que não era sua -, mas que estava dormindo, quando dois mascarados apareceram e alvejaram o rapaz.

Ainda segundo moradores, após os tiros, os mascarados saíram andando sem nenhuma interceptação. Até porque, diga-se de passagem, quem vai querer segurar quem está armado?

Em apenas alguns minutos, a notícia já se espalhou pela cidade, e todos já estão lembrando o Grito de Carnaval, que muitos mascarados estavam andando com paus e facas. Promessas foram feitas e estão sendo cumpridas. E, no meu entender, a maior morte, já está mais do que sendo anunciada.

Também foi registrado o caso de Leonardo Barbosa dos Santos, 19 anos, residente em Maragogipe, foi mais uma vítima de tentativa de homicídio por arma de fogo, deu entrada na emergência do HRSAJ, e seu estado de saúde é grave.

E agora, o que será do carnaval e dos mascarados maragogipanos? Eis a questão.

Comentários