Justiça cega? Nunca pensei que a vinda de um Juiz titular para Maragogipe seria tão preocupante


Uma nota preocupante. 

A Prefeitura de Maragogipe publicou em seu site oficial uma nota intitulada "Maragojipe já conta com juiz titular" e eu não posso mentir que após ler o texto abaixo republicado e ver a alegria do chefe do poder executivo com a chegada de um Juiz titular no município - chefe do poder judiciário - e que deve, em seus pré-requisitos, zelar para que a justiça dos homens seja executada de forma correta e ética, fiquei preocupadíssimo com o futuro e às atitudes de uma gestão que atualmente pratica mandos e desmandos com o funcionalismo público e com a sociedade maragogipana sem receber nenhuma punição pois a cidade não tem, ou melhor, não tinha um juiz que cobrasse pelo cumprimento das leis no município de Maragogipe.

O que será que está por trás disso tudo? Por que o Tribunal de Justiça da Bahia não designou ninguém antes? Foi realizado concurso com objetivo de lotar às duas varas da Comarca de Maragogipe (Crime e Cível) e nenhum juiz quis vir para esta cidade, e por que agora, com essa visita o juiz chegará no município?

A cidade de Maragogipe e os maragogipanos deveriam estar mais do que alegres com esta notícia, mas sinceramente, eu preciso ver este juiz, conhecê-lo, para depois, passar a acreditar na sua integridade, pois esta nota, diminuiu e muito a sua reputação antes mesmo da sua chegada, devido o fato da gestão estar queimadíssima com a população.

E olhe que eu ainda nem sei qual será o juiz titular da cidade.

Mais uma vitória, para Maragojipe”. Foram as primeiras palavras da prefeita Vera Lucia ao sair da audiência com o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, o desembargador Erseval Rocha, onde foi designado um juiz titular para o município.

A audiência aconteceu na tarde desta quinta-feira (28), além da prefeita, contou com as presenças do deputado Lucio Vieira, o secretário de Relações Institucionais do município, Edival Jorge, o procurador municipal, José Maia Costa Neto, e o diretor da Secretaria de Administração do Estado, Dr. Igo Caires.

Desde setembro a cidade estava sem juiz, e isso estava gerando grandes problemas para a população do município. “A vinda de um magistrado como titular traz esperança pra muita gente que tem processos na justiça e esta aguardando um parecer”, disse a prefeita.

Comentários