Servidores públicos de Maragogipe entram em greve por tempo indeterminado pela segunda vez no Governo Vera da Saúde


Neste dia 04 de abril de 2014, na sede da Terpsícore Popular de Maragogipe, em uma Assembleia Geral dos Servidores Públicos Municipais organizada pelo SIFUPREMA (Sindicato dos Servidores Públicos de Maragogipe), AGMEM (Associação dos Guardas Municipais e Escolares de Maragogipe), APMM (Associação dos Professores Municipais de Maragogipe), SINDACS/BA (Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde da Bahia), os servidores decidiram pela greve por tempo indeterminado. 

Esta é a segunda greve por tempo indeterminado que o Governo Vera da Saúde está enfrentando e tanto a primeira vez quanto a segunda é por falta de diálogo e transparência e dessa vez, o fato se agrava pois também está existindo perseguição contra os servidores públicos, cortes de salário e não cumprimento das metas estabelecidas pelo Ministério Público.


Os servidores foram vestidos de branco como forma de reivindicar seus direitos e também, pedir paz para o município de Maragogipe, pois a violência está assolando todos os setores e espaços da sociedade. O ato do vestir branco é uma campanha do "Maragogipe pede paz" - Mobilização da sociedade maragogipana e contou com a presença da TV Aratu.

Em breve, mais informações.


Comentários