Vereadores de Maragogipe paralisam sessão em repúdio a suspensão de salário de servidores

Na sessão deste dia 22 de abril de 2014, os servidores municipais foram até a Casa Legislativa reivindicar, mais uma vez, os seus direitos. Dentre as principais reivindicação dos servidores está o corte feito nos salários de vários servidores, além da suspensão total dos salários de alguns servidores.

Leiam o comentário do advogado Alailton Silva sobre o caso:


MAIS UMA VITÓRIA DOS TRABALHADORES: CÂMARA DE VEREADORES DE MARAGOGIPE SUSPENDE SESSÃO EM REPÚDIO A SUSPENSÃO DE SALÁRIO DE SERVIDORES. Todo trabalhador tem direito ao salário, trata-se de direito fundamental resguardado pela lei maior do país, a Constituição Federal. No caso, a Câmara de Vereadores, como verdadeira representante dos poderes outorgados pela população de Maragogipe agiu de forma corretíssima atendendo aos anseios de toda a classe trabalhadora. Parabéns aos nobres edis e todos os servidores presentes nessa luta, mais uma batalha que vocês venceram frente a uma gestão autoritária e descumpridora de lei. Tal vitória se torna ainda mais nobre pela união da classe que abraçaram e confortaram dois servidores que possuem suas vidas profissionais com condutas ilibadas, diferente de outros que hoje estão a criticarem, pois estes quando soltam um olhar para o passado de suas vidas profissionais identificam diversas manchas. São criticas infiéis, apenas a serviço do vil metal. PARABÉNS MAIS UMA VEZ!
Segundo informações, vereadores da situação que defendiam a realização da sessão receberam uma sonora vaia da assembleia lotada de servidores públicos de Maragogipe que estavam ali buscando benefícios para toda a classe.

Já os vereadores de oposição como o vereador Eustílio de Carvalho Neto falou ao nobre vereador Renato Santana que ele era muito corajoso em desafiar os servidores municipais. Já o vereador Edinaldo da Conceição (Didi da Avenida) já tinha desabafado sobre o caso desde a Semana Santa. Leia:
Nem na Semana Santa esse desgoverno respeita os maragogipanos. É inaceitável e difícil de entender a contrapartida do governo municipal em relação as suspensão da greve por parte dos Agentes Comunitários. No mesmo dia em que essa importante classe trabalhista dá um exemplo de bom senso e muita vontade de se encontrar uma solução para o impasse com a administração, suspendendo a greve, esse desgoverno, irresponsável e descompromissado com Maragogipe e os Maragogipanos, instaura, irregularmente, (datado de 31 de Março e publicado em 16 de Abril), Processo Administrativo contra os Agentes Mário dos Santos e Antônia Ilma. É assim que a prefeita deseja parceria e respeita e considera os seus Servidores? Já está na hora de se dar um basta nisso. Tilinga e Ilma são MARAGOGIPANOS, não podemos aceitar essa perseguição com os mesmos. É inadmissível a atitude desses forasteiros incompetentes contra os nossos conterrâneos. ACORDA MARAGOGIPE, vamos defender o que é nosso. Não se trata de política, é questão de direito e de amor ao nosso povo e a nossa cidade.
É UMA LUTA PARA TODOS QUE AMAM O NOSSO POVO. PARTIDOS POLÍTICOS, ASSOCIAÇÕES, SINDICATOS, A SOCIEDADE e o POVO EM GERAL.
FORA VERA

Comentários