Arivaldo Vieira polemiza: 08 de maio - aniversário "A La Maquiavel"


Mais uma vez, Arivaldo Vieira polemiza. Leiam o texto publicado por este maragogipano.

Por Arivaldo Vieira

Historicamente, Maragogipe comemora neste dia, mais um aniversário de Emancipação Política, tendo como ingredientes da festa, tristeza, decepção e constrangimento, por ver nossa Terra e nosso Povo, entregue ao desgoverno de uma gestão, cuja prefeita aprendeu rapidamente as lições do Pensador Maquiavel, caracterizando um governo que parecia ser para o povo, mas, enganava o povo, fazendo festas e distribuindo coisas, para manter os Súditos como aliados e não se instalar a desordem, que seria a volta para o estado de natureza. A diferença é que Maquiavel era um grande filósofo e a Prefeita incompetente.

Estamos nos aproximando da metade do tempo da Gestão e nada se construiu em nossa Cidade, apesar dos fartos recursos que enchem os cofres públicos municipais. As poucas ações fartamente divulgadas em carros de som, a maioria, foi conseguida em Convênios com o Governo do Estado ou Governo Federal. Nosso dinheiro, continua indo embora nos bolsos dos forasteiros que compõem essa Gestão e, em nossa Cidade, restou a tristeza de seu Povo, que contabiliza mais uma decepção.

As filas intermináveis na secretaria de saúde todo final de mês, o fechamento do hospital, a insegurança, a perseguição aos servidores públicos, a incompetência e a ditadura, são marcas de uma Gestão Maquiavélica. Então, comemorar o quê?

A decepção conduz à tristeza, que leva ao constrangimento os mais de 13.000 eleitores, inclusive eu, que elegeram essa prefeita como Proposta de Esperança de Mudança de Verdade, para contrariar uma outra Gestão anterior, a do PT, igualmente marcada pelo Desgoverno, em seus momentos finais, que culminaram com a insatisfação popular. É verdade que eu e a maioria desse povo somos culpados, porque acreditamos na mudança, mas, não fomos nós que abandonamos a saúde do município, para virar bandeira de campanha eleitoreira de "Vera da Saúde", foi a gestão do PT, que hoje se mantém calada, praticando a velha frase de "Quanto pior, melhor", imaginando que assim, voltará ao Poder nas eleições para prefeito, em 2016

Todavia, o que vemos nas ruas, é um povo heroico, disposto a continuar lutando por verdadeiras mudanças, mas, consciente de que não são forasteiros, nem ex-prefeitos, que irão resolver os problemas de Maragogipe, porque já foram testados. Nossa cidade e nosso povo, abraça e reconhece o trabalho daqueles que, mesmo não sendo maragogipanos, contribuíram com nossa terra e dos nossos ex-prefeitos, que tiveram suas participações no desenvolvimento de Maragogipe, mas, agora, o que precisamos, é esquecer a culpa e os culpados e nos unirmos para salvar Maragogipe.

Resta-me abraçar os maragogipanos hoje e sempre, mesmo sem ter o que comemorar.

Obs.: O Blog deixa o espaço aberto para direitos de resposta.

Comentários