Bocão News publica matéria sobre descontos do salário dos servidores em Maragogipe

A equipe do Bocão News esteve em Maragogipe para fazer matéria sobre o desconto dos salários dos servidores maragogipanos. Leia a matéria publicada no site.

Os servidores públicos municipais de Maragogipe, Recôncavo Baiano, prometem fazer uma grande manifestação contra a prefeita Vera da Saúde (PMDB) no próximo dia 8 de maio.

A data marca o aniversário de emancipação da cidade que, segundo lideranças de diversos sindicatos, vem sofrendo com o que consideram desmandos da gestora.

Entre os dias 1 e 15 de abril houve paralisação geral do funcionalismo público municipal. Conforme os servidores, a deflagração da greve foi uma decisão tomada em assembleia e teve como objetivo alertar a população para a falta de diálogo de Vera Lúcia.


Ainda segundo estes servidores, a prefeita decidiu descontar os valores referentes aos dias de paralisação no contracheque dos grevistas e de outros funcionários que participaram dos protestos, mesmo aqueles que estavam licenciados ou de férias.

Professores, guardas municipais escolares e agentes comunitários de saúde foram os principais alvos da gestora, como afirma Juarez Guerreiro (SDD) candidato a vereador derrotado nas últimas eleições que apoiava a prefeita e deixou a administração.

Os vereadores Neto (PT) e Didi da avenida (PSDB) afirmaram que a prefeita tem perseguido os profissionais e que buscam corrigir este absurdo. O petista chega a cravar que Vera surrupiou o dinheiro do servidor. Já o tucano responsabiliza a prefeita pela insegurança na cidade onde é proibido pilotar moto com capacete.

A reportagem do Bocão News esteve em Maragogipe nesta sexta-feira (2) e foi recebida por quase cem pessoas na praça localizada à frente da Câmara de Vereadores. Todos muito indignados e alguns emocionados com contracheques em mãos mostrando o recebimento de salários de 3 reais.

A reportagem ligou para a prefeita. O celular foi atendido por uma assessora de prenome Priscila que afirmou que Vera estava em Brasília participando de uma audiência no Ministério da Saúde. A funcionária ficou de retornar, mas até o fechamento desta matéria nenhum contato foi feito.

Fonte: Bocão News

Comentários