Maragogipe: Lilian Denise denuncia "série de equívocos" cometidos pela atual gestão


Por Lilian Denise

Hoje gostaria de desejar a todos os trabalhadores e trabalhadoras de minha cidade um feliz 1º de maio, no entanto, sei bem que não tem como ser feliz diante dos abusos cometidos pela gestão que além de sufocar direitos trabalhistas, continua usando estratégias nefastas para inibir, humilhar, perseguir os trabalhadores dessa terra que reivindicam seus direitos, para além de descontar os dias da greve, fizeram vários cálculos errados para aumentar o desconto, nunca para diminui-los. 

Quando eu fiz um calculo que não mexeu no bolso de ninguém em um processo de negociação salarial, pedindo a correção, dos presentes fizeram um CARNAVAL, era um ato POLÍTICO e quase subversivo para acabar a harmonia do “bom governo”, mas como o tempo não para e no entanto ele nunca envelhece, estamos aqui com uma série de “equívocos”, não uso mais a expressão “maldades nem maldosos” para não ofender ninguém da gestão, nunca tive essa intenção.

Na ânsia de descontar os dias da greve, como forma de PUNIR aqueles que participaram da mesma a gestão não esperou findar o mês e efetuou o desconto sem estar de posse das folhas de ponto, baseando-se em telefonemas, fotos e filmagens, UM ABSURDO!!!

Com isso, descontaram de servidores que estavam de férias mas que acompanharam o movimento grevista, pessoas que estavam com atestado e teve professores que o desconto corresponde a 80 horas de trabalho, quando este só tem 40 horas, ou seja, o professor tem 20 horas em uma Unidade Escolar e 20 horas em outra, mas o desconto correspondeu a 40 horas em cada unidade.

Para amenizar a perda do servidor, a gestão não desconta a contribuição dos sindicatos e associações, aquele 1%, que faz toda diferença!!!

E aquele peixe da Semana Santa saiu foi caro... Um final de semana de peixe e um mês de FOME?! AMOR E TRABALHO!!!!

O 1º de maio de 2014, com certeza não será o mais feliz, mas não será nunca esquecido.

Dias melhores virão!!!

Comentários