Sede do Governo da Bahia é transferida para Cachoeira pelo sétimo ano consecutivo


O primeiro ato do governador Jaques Wagner ao transferir, nesta quarta-feira, dia 25 de junho, pelo sétimo ano consecutivo, a sede do Governo da Bahia para o município de Cachoeira, no Recôncavo, foi reinaugurar o Cine-Theatro Cachoeirano, que estava fechado há 20 anos. Na obra, foram investidos R$ 6 milhões pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

“Estamos aqui em Cachoeira em homenagem ao 25 de junho de 1822, quando começou efetivamente a luta pela Independência da Bahia, trazendo este grande presente para a comunidade, que está se tornado uma cidade universitária, com a Universidade Federal do Recôncavo. Que “esse equipamento cultural possa inspirar os cachoeiranos e os universitários na busca por uma cultura, arte e formação na região”.

Durante a cerimônia, Wagner anunciou a construção da estrada que liga o município à BR-101, passando por Capoeiroçu, trecho da BA-511. A via será feita em bloquete travado para, segundo o governador, “manter a harmonia da arquitetura da cidade”. Ele informou também que será realizada a requalificação do atracadouro da Baía do Iguape. Somadas, as ações do Governo da Bahia no município contabilizam quase R$ 2 milhões.

A transferência da sede do Estado para Cachoeira cumpre o que está previsto na Lei 10.695/07, aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia e sancionada pelo governador Jaques Wagner. O decreto determina que todos os anos, no dia 25 de junho, a sede do governo seja instalada no município, já que, nesta data, em 1822, começaram as lutas que culminaram no 2 de Julho. Em 2014, Cachoeira comemora 192 anos de sua independência de Portugal.

Fotos: Manu Dias/GOVBA
Secom - Secretaria de Comunicação Social - Governo da Bahia

Comentários