Comerciantes registram queda nas vendas da Festa de Agosto.


Muitos comerciantes reclamaram da venda pífia durante os festejos ao Padroeiro São Bartolomeu nesse ano. Ao contrário dos outros anos, o movimento deu uma caída brusca, sendo sentido em praticamente todos os segmentos comerciais do Município. Lojas vazias, ambulantes com mercadorias enfonadas, bares abastecidos com bebidas sem saída – aspectos estranhos que chamaram a atenção de muitos maragojipanos e visitantes. Disse um comerciante à nossa equipe: “Se a prefeitura vem pagando nas datas certas, antes da festa, porque o comércio não está aquecido? Por que nossas vendas estão tão ruins?”, questiona. “Será que o dinheiro da cidade não tem circulado por aqui”, indaga um vendedor de produtos de artesanato. São questões que precisam ser analisadas e discutidas, posteriormente. Não adianta a festa ganhar proporções maiores se a cidade não crescer junto, se o comércio não movimentar a economia local. Fazer festa, trazer bandas, encher a cidade de políticos não vai resolver. Ou se pensa numa organização melhor, numa estrutura que faça por merecer, ou teremos um festa grande numa cidade pequena, sem desenvolvimento e sem oferecer o mínimo de conforto aos visitantes. Comércio vazio significa festa fraca, sem vendas, sem retorno… Pensem nisso!

Comentários