Carta do Leitor: Votar para mudar!

Por Danilo Medina

As pessoas tem por senso comum que política é um mar de lama sem terra firme a vista, que política é coisa para corruptos, que o melhor a fazer é manter-se o mais distante possível, enfim acham que isso não tem jeito mesmo... Sobre tudo agora, no ápice da política nacional que acontece nas eleições de 05 de outubro.

Tenho convicção que quanto mais distantes e desinteressados estiverem os cidadãos de boa índole e de boas intenções tanto melhor será para os corruptos e para os que apenas querem tirar proveito e vantagens ilícitas da política. Seja para si próprio, para um partido político, para sindicatos e outros grupos de interesses quaisquer. Se eximir da política ou simplesmente fingir que ela não existe não acabará com a corrupção, apenas a fará prosperar...

Observando a cena política neste momento de eleições, em especial as Eleições Legislativas para Deputados Federais e Estaduais, vejo um verdadeiro show de horrores. Candidatos de toda sorte disputando votos na base do “quem da mai$”, alguns eleitores induzidos pelo excesso de proposta$ também entram no jogo do “quem me da mai$”.

Com “eleitore$” e “candidato$” envoltos neste jogo promiscuo e inescrupuloso que de eleições e de política não tem nada, um verdadeiro balcão de bordel, talvez pior, um bacanal eleitoral. O que esperar como resultado dessas “negociaçõe$”?

Antes de receber o dinheiro desses delinquentes travestidos de candidatos a homens públicos procure saber a fonte desse dinheiro. Garanto que se suado fosse não estaria sendo distribuído sem o menor critério nem pudor como tenho visto, lembre-se também, que não existe almoço grátis, que o dinheiro ou beneficio recebido agora ou já foi ou será tirado de sua saúde, educação, segurança, transporte publico, infraestrutura e serviços públicos em geral.

Se quisermos resultado diferente do que se aproxima precisamos tomar as rédias de nossos próprios destinos e fazer a mudança, primeiro em nós mesmos, precisamos ter coragem para enfrentar o dinheiro oriundo da corrupção. Não podemos nos esconder ou nos acovardar diante dessas mazelas ou continuaremos a pagar caro por isso...

Eu peço aos bons que não deixem de Votar! Quando os bons abandonam a vida política, tem como punição imediata serem governados pelos maus intencionados.

Ass. Danilo Medina

Comentários