Medalhista olímpico vence Regata Aratu Maragogipe


Na 45ª Regata Aratu Maragogipe, realizada neste sábado, dia 30 de agosto, na Baía de Todos-os-Santos, com patrocínio do Governo do Estado, por meio da Bahiatursa, teve como vencedores os barcos Tangará II (RGSB), do medalhista olímpico Lars Grael, do Rio de Janeiro, Lacrau (classe RGSA), de Leonardo, do Iate Aratu-Bahia, e Piquenique, (catamarã), do capitão Mattos, do Rio de Janeiro. 

Participaram cerca de 500 embarcações, que fizeram um percurso de 35 milhas, o equivalente a 60 quilômetros de distância. Ao chegar à metade da prova, momento em que a maioria dos arcos formava um único bloco, a impressão era de um imenso tapete branco cobrindo as águas da baía, no final de semana. 

A prova teve duração de quatro horas e trinta minutos e começou com a largada às 10h, na Baia de Aratu, com os barcos de pequena velocidade (classe Delta e Brasília 23). Meia hora depois, os intermediários (Delta 26 e Brasília 32). Às 11h45, as embarcações maiores (tipo Delta 36). 

Segundo o diretor da prova, Marcelo Fróes, do Clube Iate Regata Aratu, a diferença de horário é para que a maioria das embarcações chegue ao final da prova praticamente juntas. Um dos fundadores do evento, Everton Fróes, afirmou que este ano a regata teve 200 inscritos e mais 300 embarcações acompanharam o cortejo. “Foi uma linda festa. Tudo favoreceu para um bom desempenho, pois contamos com bom tempo e ventos favoráveis. Por isso, os primeiros lugares chegaram por volta das 14h30min, um tempo recorde. Os últimos barcos chegaram por volta das 18h,” explicou Everton. 

Já em terra, os velejadores foram recepcionados pela comunidade de Maragogipe, com um jantar no centro cultural da cidade e, em seguida, participaram da festa de entrega dos prêmios, assistiram a um show de bandas de forró, desfile de blocos de mascarados e samba de roda. Também visitaram a feira de artesanato, famosa na região pela força na produção de produtos de barros 

Fonte: Secom/Ba

Comentários