ELEIÇÕES 2014: Dilma e Aécio decidirão eleição para presidente em segundo turno


A eleição presidencial será decidida em segundo turno entre os candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB). Com 90,39% das urnas apuradas, neste domingo (5), às 19h58, já está confirmado o segundo turno da disputa presidencial. A petista tem 40,89% dos votos contra 34,44% do tucano. Em terceiro lugar aparece Marina Silva (PSB) com 21,07% até o momento.

A quantidade de votos a ser apurada 9,66% das urnas não é mais suficiente para uma vitória de Dilma em primeiro turno. Para ser eleito em primeiro turno, um candidato precisa obter mais da metade dos votos. Com resultado, os eleitores terão que voltar às urnas no próximo dia 26 de outubro, das 8h às 17h, para decidir entre as duas concorrentes.

Dilma disputa a reeleição amparada por uma ampla aliança política que compôs a coligação “Com a Força do Povo”, formada por PT, PMDB, PSD, PP, PR, PROS, PDT, PC do B e PRB. Já Aécio faz parte da coligação “Muda Brasil”, composta pelos partidos PSDB, PMN, SD, DEM, PEN, PTN, PTB, PTC e PT do B. Para o segundo turno, os candidatos devem buscar apoio de partidos que ficaram de fora da corrida presidencial.

Atrás de Dilma, Aécio e Marina, aparecem Luciana Genro (Psol), com 1,59%; Pastor Everaldo (PSC), 0,75%; Eduardo Jorge (PV), 0,62%; Levy Fidelix (PRTB), 0,44%; Zé Maria (PSTU), 0,09% e Eymael (PSDC), 0,06%, com 90,39% das urnas apuradas.

O início da propaganda eleitoral do segundo turno no rádio e na TV está previsto para sábado (11). A propaganda se estenderá até o dia 24. Desta vez, ambos os candidatos terão o mesmo tempo de exposição na televisão, 10 minutos cada. A data também é prazo final para debates com candidatos. Já o sábado (25) é o último dia para a propaganda política em comícios ou reuniões públicas, como carreatas.

Fonte: EBC - Agência Brasil

Comentários