Maragogipe sedia primeira Assembleia Itinerante do Samba de Roda


Neste domingo, 19 de outubro, sambadores e sambadeiras do Recôncavo Baiano iniciaram uma mobilização em Maragogipe em torno da revalidação do Título do Samba de Roda.

A reunião contou com sambadores das cidades de Maragogipe, Nagé, Ponta de Souza, Coqueiros, Santo Amaro, Acupe, São Brás, Saubara e Bom Jesus dos Pobres e teve como objetivo promover de discussões sobre a execução do Plano de Salvaguarda e a revalidação do Registro do Samba de Roda como Patrimônio Cultural Brasileiro após 10 anos de recebimento do Título e registro no Livro das Formas de Expressão.

Vale ressaltar, que a cidade de Maragogipe é uma das cidades com instalação da Rede do Samba, através da Casa do Samba Dona Cadú de Maragogipe. A Casa foi inaugurada em julho de 2011 a partir do projeto Rede, sendo uma concretização do objetivo de criação do Centro de Referência do Samba de Roda ligado a uma Rede de Casas, composta por espaços simples e usados coletivamente pelos sambadores para ensaios, atividades educativas, reuniões e o que mais necessitarem.

O evento proporciona aos sambadores e sambadeiras, a oportunidade de refletir sobre as implicações da revalidação do Registro, reavaliar, debater, demandar e propor modificações e novos encaminhamentos para as quatro linhas de atuação do Plano de Salvaguarda do Samba de Roda: pesquisa e documentação, reprodução e transmissão, promoção e apoio.

Confira as cidades e datas de realização das assembleias.
Maragogipe: 19/10/2014
São Francisco do Conde: 09/11/2014
Cruz das Almas: 23/11/2014
Conceição do Jacuípe: 07/12/2014
Vera Cruz: 13/12/2014

Mais informações: asseba@gmail.com

Comentários