Bebeto Galvão participa de audiência com o Ministro Miguel Rosseto sobre demissões na Indústria Naval


O presidente do Sintepav BA e Deputado Federal, Bebeto Galvão, participou no ultimo dia 22 de janeiro, em Brasília, de uma audiência com o Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Miguel Rosseto, para tratar das demissões em massa que atingem milhares de trabalhadores da Indústria Naval no Brasil.

Durante a audiência, Bebeto Galvão solicitou do Ministro Miguel Rosseto uma posição do governo para assumir a responsabilidade de estabelecer medidas para a questão dos Estaleiros Navais, que são fundamentais para o Brasil. “Quem for errado que pague pelos erros que cometeu e a justiça faça prevalecer à lei. O que não podemos permitir é que a sociedade brasileira, os trabalhadores e o país sejam penalizados”, destacou Galvão.

Para Bebeto é necessário ter medidas imediatas que levem em consideração uma solução para a Sete Brasil com a consolidação do empréstimo ponte para a manutenção do empreendimento que é estrutural para a Bahia e o Brasil. Referente à posição da gestora da Petrobrás, Graça Foster, alusivo à publicação do edital de licitação para contratação de blocos que realizem a construção dos equipamentos da Indústria Naval no país, através de grupos estrangeiros, proibindo a participação de empresas brasileiras nos serviços, o Ministro Rosseto demonstrou-se espantado com as informações apresentadas.

O Ministro Miguel Rosseto solicitou a comissão presente na reunião, formada pelo Deputado Federal e demais sindicalistas, os dados dos trabalhadores demitidos, que pode chegar a 20 mil em todo país. Bebeto Galvão, também solicitou que a Petrobrás assuma a responsabilidade com os trabalhadores demitidos e realize o pagamento das rescisões trabalhistas dos que ainda não receberam.

Fonte: Ascom Sintepav BA

Comentários