Ativos da Sesab, SEC e SSP que não cumpriram prazo têm até quinta-feira (30) para fazer o recadastramento


Os servidores ativos das secretarias da Saúde (Sesab), Educação (SEC) e Segurança Pública (SSP) que não cumpriram o prazo regulamentar do recadastramento têm até esta quinta-feira (30) para realizar o procedimento, a fim de assegurar o pagamento dos seus proventos até o quinto dia útil do mês de maio, em folha complementar. O chamamento também se estende aos servidores do Irdeb, Hemoba, DPT, polícias e universidades estaduais. O recadastramento é feito exclusivamente pela internet, em link disponível no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br).

Até a manhã desta terça-feira (28), 2.832 servidores ainda não haviam se recadastrado - 2,3% do total, estimado em aproximadamente 124 mil pessoas. Quem não responder à convocação terá os vencimentos suspensos até que a situação seja regularizada. A lista completa dos servidores faltosos, separados por unidades, e que devem se recadastrar até amanhã (30), também está disponível no Portal do Servidor.

Validação das informações - As próximas etapas desta primeira fase do recadastramento de ativos 2015, que estão relacionadas à tabulação e validação dos dados e à correção de possíveis inconformidades, serão efetivadas nos próximos dias. Tais ações são de responsabilidade das diretorias administrativas ou equivalentes de cada órgão e da Superintendência de Recursos Humanos (SRH) da Secretaria da Administração do Estado (Saeb).

A segunda fase do recadastramento de servidores ativos, semelhante à primeira, iniciada em fevereiro e que contemplou apenas os servidores da SEC, Sesab e SSP - além das polícias Civil e Militar, Departamento de Polícia Técnica (DPT), Irdeb, Hemoba e universidades estaduais - abrangerá servidores dos demais órgãos da Administração Estadual.

Oportunamente, a Saeb divulgará o cronograma dessa última fase do processo. O objetivo geral, vale lembrar, é validar os locais e jornada de trabalho dos servidores, a fim de operacionalizar o sistema de recursos humanos do Estado.

Comentários