Moradores de Maragogipe protestam contra péssimo estado da BA-420; Após protesto, Seinfra promete retomar obras




Administrada pelo governo do Estado, a BA-420 está em péssima situação, de acordo com moradores do município de Maragogipe que procuraram a reportagem do Bocão News nesta quinta-feira, 28 de maio. Esta via liga os municípios de São Félix e Maragogipe, no Recôncavo baiano, além de dar acesso ao canteiro de obras de São Roque do Paraguaçu.


Segundo o líder comunitário, Antônio de Assis, trafegar pela estrada já é perigoso por causa da quantidade de curvas, falta de acostamento e de sinalização. A situação fica mais complicada com os diversos buracos em seus quase 22 km de extensão.

“Está arriscado demais. Intransitável. Buracos não deixam a gente dirigir com segurança, tem lugar que o carro não passa. Não vai ter São João por causa da estrada. Não existe nenhuma segurança”, lamenta.

Na semana passada, a população fez um protesto na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), pedindo a ajuda dos deputados. Sem respostas, os moradores resolveram colocar faixas em um viaduto na BR-324, próximo do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), para chamar atenção do governo.


Depois do protesto realizado no Centro Administrativo da Bahia, na manhã desta quinta-feira, dia 28 de maio, a Seinfra, através da Superintendência de Infraestrutura e Transportes (SIT) afirmou, em nota enviada ao Bocão News, já iniciou na BA-420, trecho entre São Felix e Maragogipe, a operação tapa-buraco com massa asfáltica.

“Informamos que devido as fortes chuvas que atingiram a região, o serviço teve que ser momentaneamente interrompido. Retomaremos a manutenção na rodovia assim que as a chuva cessar”, respondeu a Seinfra na nota oficial. A Seinfra, através da Superintendência de Infraestrutura e Transportes da Bahia – SIT (extinto DERBA) é responsável por 18.754,2 quilômetros de estradas, além das 308 rodovias baianas por todo Estado.

Comentários