Comentários negativos sobre a Festa de Agosto crescem nas redes sociais

A Prefeitura de Maragogipe publicou nesta semana a programação festiva do dia 22 de agosto (Regata) e do dia 23 de agosto (Lavagem Popular) nas redes sociais e os comentários negativos da festa supera 90%.

Após anúncio do cancelamento da festa, por causa da crise nacional, não se fala outra coisa, tanto nas redes sociais como nas ruas, praças e estabelecimentos da cidade. Muitas pessoas ainda estão sem acreditar no que está acontecendo.

Redes Sociais
Vergonha é a palavra mais citada nos comentários dos usuários. Aliás, diga-se de passagem, muitos maragogipanos estão se sentindo envergonhados com toda esta triste situação. Faltou um pouco mais de bom senso da Prefeitura de Maragogipe no que concerne aos aspectos culturais da cidade. 

A desculpa de priorizar a educação, a saúde e outros serviços essenciais não foi aceita pela maioria da população que entende que serviços essenciais já possuem verba carimbada. O que falta? Transparência Pública. 

Músicos e artistas locais
Cadê a valorização dos artistas e músicos locais? Já foi dito em outros momentos que para se organizar uma boa festa, não necessita apenas de grandes bandas (famosas), mas de projetos, planejamento e organização.

Ao lermos textos como este publicado pelo músico Amaury Quirino, no dia 18 de agosto, na sua página do facebook, percebemos o quanto nossos artistas estão se sentindo desvalorizados, o quanto nossa cultura está colocada para escanteio, ou melhor, não estão nem permitindo, entrar no estádio para assistir sua própria festa. Estamos vivenciando uma sociedade de exclusão em que quem deveria obedecer as vontades do povo não sabe sequer dar uma resposta convincente para a população e por este motivo, os comentários negativos só fazem acumular e crescer cada vez mais.


Comunicado Importante:
Após publicação, a atual gestão incluiu a Banda Amaury Quirino e Grupo Emoções na grade do dia 22 de agosto. (Atualizado neste dia 20 de agosto)

Comentários