Em São Roque, Enseada inicia ciclo de formação para professores da rede pública de ensino


Foi no Colégio Estadual Kleber Pacheco, em São Roque do Paraguaçu, distrito de Maragogipe, que a Enseada Indústria Naval iniciou, na quarta-feira (5),um ciclo de formação continuada para educadores das redes municipal e estadual de educação. Com o tema “redução de danos no uso/abuso de drogas”, o primeiro encontro reuniu 13 professores da escola com o objetivo de fornecer elementos de orientação, para as famílias, em relação à prevenção e combate ao uso de drogas pelos jovens.

Pela primeira vez, o assunto drogas foi discutido no colégio, que possui atualmente 780 alunos. “O momento que tivemos com a Enseada foi bastante interessante, rico. Com essas oficinas podemos aprender mais e tentar mudar a realidade de algumas famílias da nossa comunidade que é tão carente de informação”, disse a diretora Alessandra Fausto.

Dentre os pontos abordados durante o encontro, as maiores preocupações foram a desestruturação do núcleo familiar, o consumo de álcool e drogas e a valorização dos bens materiais. Para Filipe Barbosa, enfermeiro da área de Responsabilidade Social da Enseada e responsável pelo Programa de Saúde e Segurança nas Comunidades (PSSC), as próximas oficinas com os professores permitirão tirar dúvidas e discutir abertamente situações vivenciadas no dia a dia. “Incluímos também novas descobertas e abordagens sobre os temas. Com isso, a receptividade aumenta, pois, a maioria dos professores relata não ter recebido nenhum treinamento para lidar com temas como drogas em sala de aula”, afirmou Filipe.

Trabalho em rede - Dando continuidade à ação que aconteceu na Kleber Pacheco, um enfermeiro e uma psicóloga da Enseada estarão presentes, na sexta-feira (7), em outras escolas de São Roque. A programação na Escola Municipal Antônio Virgílioserá às 9h, na Escola Municipal Mario Gordilho, a partir das 10h, e na Creche Germana Inês Mancione, às 13h.

Nessas escolas, predominantemente formadas por crianças, o foco do encontro com os professores será em como reconhecer desvios de comportamento para evitar o uso de drogas no futuro.

Ações nas comunidades - Nos seis primeiros meses deste ano, a Enseada, empresa que tem a Odebrecht como acionista majoritária e a Kawasaki como sócia e parceira tecnológica,realizou em São Roque sete ações do Programa de Educação Ambiental para Comunidades (PEAC), com 159 participantes. Entre setembro de 2013 e julho de 2015, 6.070 pessoas foram contempladas.

No segundo trimestre de 2015, 454 pessoas participaram das ações do Programa de Saúde e Segurança nas Comunidades.

Comentários