Semana Estudantil: Deputado Bobô é presenteado por jovens do projeto Garotada

Jovens do Garotada entregaram ao deputado estadual Raimundo Nonato (Bobô) uma camisa do projeto assinada por alguns dos 240 adolescentes maragojipanos participantes desta iniciativa que oportuniza a prática esportiva de modalidades como futsal, basquete, capoeira e hap-ki-do. O ato simbolizou também um pedido de apoio para que o projeto seja ampliado e dê continuidade aos seus trabalhos. O deputado se colocou à disposição para reforçar junto à Petrobras o patrocínio ao projeto que, segundo ele, “precisa ser ampliado para alcançar pelo menos 800 jovens”.


“O importante é que a gente provoque essa juventude a participar não apenas do esporte, mas da cidadania e da política também. Eu espero poder ser útil através do meu mandato ao município de Maragogipe”, disse o parlamentar, após finalizar a sua palestra sobre a importância do esporte na formação do cidadão, dentro da programação da XVII Semana Estudantil de Maragogipe.

O projeto Garotada e a XVII Semana Estudantil são iniciativas da Fundação Vovó do Mangue com o patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.


Segundo tempo – Após a palestra do deputado Bobô, um grupo de militantes da área esportiva do município aproveitou a oportunidade para encaminhar as suas reivindicações ao parlamentar. Diretores da Liga Maragogipana de Futebol, presidente de clubes locais, árbitros maragogipanos e instituições que promovem o esporte na região solicitaram a interiorização das políticas públicas para o fomento da área, além de materiais esportivos para o desenvolvimento de projetos sociais junto à juventude.

Projeto Garotada– 240 jovens entre 12 e 17 anos que estudam em escolas públicas de Maragogipe são beneficiados deste projeto que visa a promoção de ações educativas, culturais e esportivas. Através das aulas de futsal, basquete, capoeira e hap-ki-do, o projeto estimula a participação cidadã, o protagonismo infanto-juvenil e o desenvolvimento social como instrumento de combate à violência, uso de drogas e o abuso e exploração sexual. Mais de 4.400 pessoas são beneficiadas indiretamente pelo projeto.

Assessoria de Comunicação Fundação Vovó do Mangue

Comentários