Manifesto nas Redes Sociais quer reduzir salários dos vereadores de Feira de Santana em 90%


O clamor das manifestações pela redução dos salários dos vereadores por todo o Brasil chegou a Feira de Santana. Um grupo de cidadãos feirenses organizados pelas redes sociais pela internet pede que os parlamentares reduzam seus salários em 50% e que eles passem a receber o piso Nacional dos professores-- hoje eles ganham pouco mais de R$ 15 mil, e, pela proposta, ganhariam R$ 1,5 mil.

O grupo mobiliza-se através do aplicativo WhatsApp para trocas de mensagens, a proposta é a redução no ganho de vereadores e a justificativa é a crise econômica . Segundo os manifestantes o valor do salário dos vereadores deve ser estabelecido pela sociedade. A respeito do tema o repórter Luiz Santos esteve na Câmara de Vereadores de Feira de Santana e ouviu a opinião de alguns edis.

O Vereador Beldes Ramos (PT) garantiu que é legítimo que se faça esse movimento, e que se leve esse encaminhamento a casa legislativa com as justificativas plausíveis para tal “ somos favoráveis ao debate, é até uma forma de nos cobrar o que está sendo feito pela casa para a sociedade Feirense, não vai ser fácil, aliás tudo que passa por aqui é difícil pela atual conjuntura, mas o debate pode ser levantado sim”, pontuou Beldes.

O Vereador Líder do Governo José Carneiro (PSL) disse que tomou conhecimento através das Redes Sociais desse movimento e que existe a possibilidade desse projeto ser avaliado sim, porém, nos moldes atuais não existe a menor possibilidade de passar um projeto desses. Para que venha equiparar o salário de um vereador a um salário de R$ 1,700 reais é preciso também uma mudança radical na forma de fazer política em nossa cidade “com esse valor proposto um vereador em Feira de Santana não tem como manter sua inciativa de fazer política, eu , por exemplo gasto isso por mês só com combustível, mas tenho que reconhecer que o valor percebido por um vereador R# 11,000 reais é um bom salário”, enfatiza.

Já o Vereador Pablo Roberto (PMDB), salientou que qualquer debate que parta do povo merece respeito do poder legislativo e merece ser discutido. Tenho acompanhado os manifestos em outras cidades, uma que conseguiu a redução e outras duas que conseguiu reduzir a partir da legislatura de 2017. É importante questionar que se redução dos salários dos vereadores irá resolver todos os problemas em que o país se encontra,inclusive, todas as mazelas? “existem altos salários no Judiciário, no Executivo, nos Tribunais de contas, nos Conselhos, se a sociedade aceitar fazer essa discussão a nível mais abrangente é válido sim. Pontualmente nas câmaras, no Legislativo, no Municipal não resolve o problema”, adverte Pablo.

Cada um dos 20 Vereadores de Feira de Santana recebe o equivalente a 15mil reais por mês, sem ajuda de combustível ou verbas de Gabinete. Para deslocamento de viagens recebem R$ 2.700 reais para custeio de hospedagem e alimentação. Os gastos com translado e passagens áreas ficam a cargo da Casa Legislativa, bem como, os serviços prestados por assessores a todos os Edis. 

Da Redação com informações Luiz Santos

Comentários