CARTA DO LEITOR: Uma juventude esquecida...


Por Eduardo Barbosa

Juventude de Maragogipe se diz esquecida por parte da atual gestão municipal e cobram políticas públicas de inclusão social e solução para o combate as drogas.

O presidente da UJS (União da Juventude Socialista), Eduardo Souza, ouviu jovens de todas as partes da nossa Maragogipe. E o resultado não foi nada agradável pois surgiram relatos que não coincidem com a perspectiva da atual gestão da prefeita Vera Lúcia. A área da juventude é uma das áreas que dentre todas vem deixadas de lado, vitimando o bem mais precioso que uma sociedade pode ter que é a juventude. Maragogipe, vem ultimamente chamando a atenção pelo crescente número de homicídios e o uso de drogas entre os mais jovens, que estão sem nenhum amparo municipal, desde que a atual gestão assumiu a prefeitura, em 2013 a juventude deixou de ter representatividade por negligência da atual gestão.

Não há nenhuma ação realizada desde o início da gestão, nem prevenção, nem de conscientização. A classe estudantil vem reclamando e criticando frequentemente a atual gestão por falta de políticas públicas de inclusão. A juventude de Maragojipe não é ouvida, levado em consideração que é uma das áreas mais esquecidas e menosprezadas pela atual gestão municipal.

O que fazer? O que fazer para que nossos jovens possam sair desse mundo da criminalidade e das drogas? Qual o papel da prefeitura nestes aspectos citados?

A juventude clama, pede atenção para que ainda neste mandato e nos próximos venha a ser prioridade nas gestões , pois em pesquisas divulgadas a juventude é a maior parte do eleitorado do país!

QUEREMOS NOVIDADE !

Comentários