Maragogipe: Descarga elétrica ceifa a vida de um garoto

Por Carlos Gomes

Um dos motivos que tem me afastado da sociedade maragogipana é esse comportamento doentio em não se importar com o sofrimento do outro. Essa imagem pode não dizer nada, mas para os moradores da Boiada significa uma imagem onde uma vida foi ceifada de forma tão prematura e que demonstra a irresponsabilidade de uma gestão marcada pelo abandono e perversidade. Nesse local a criança de 10 anos de nome Janderson foi eletrocutado vindo a óbito no local. Janderson brincava de bola com os colegas, aproveitando o clima gostoso que a chuva proporciona, ao tocar no poste, ele recebeu a descarga elétrica que ceifou a sua vida.

O que me revolta são justificativas desumanas para eximir a gestão da culpa nessa tragédia e por a culpa na criança, acusações como: "uma criança na rua essa hora da noite", "ele ficar descalço, jogando bola na chuva", entre outros absurdos acusatórios.

Gente, eu na minha infância, traquinava até 21hs, 18:00hs é muitas das vezes o horário que muitas crianças podem brincar.

Gente, o menino estava jogando bola no jardim, que é uma área de lazer e local de recreação das crianças, o jogar descalço que é gostoso, se fosse calçado, aconteceria do mesmo jeito, o problema foi do péssimo e irresponsável serviço, falta de manutenção e fiscalização da gestão de Vera da Saúde.

Que a família tenha paz e força para superar essa situação e que a sociedade maragogipana seja mais participativa para que outras tragédias sejam evitadas.

Comentários