Carta dos Trabalhadores de São Roque do Paraguaçu ao Ministro Jaques Wagner



Ontem, dia 24 de fevereiro, em uma Audiência com o secretário de estado Álvaro Gomes, os trabalhadores de São Roque do Paraguaçu entregaram, junto com um abaixo-assinado, uma Carta endereçada ao ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, para que o secretário seja o portador do documento, solicitando a retomada das atividades das obras paralisadas. Leia o conteúdo completo desta carta.



CARTA DOS TRABALHADORES DE SÃO ROQUE DO PARAGUAÇU AO MINISTRO

São Roque do Paraguaçu, 24 de fevereiro de 2016.

Ao Exmo. Senhor
Ministro de Estado da Casa Civil

Prezado Senhor Ministro Jaques Wagner,

Os trabalhadores abaixo assinados da Região de São Roque do Paraguaçu do Município de Maragogipe no Recôncavo Baiano vêm solicitar a vossa senhoria que determine a Petrobras, que faça de imediato no Canteiro de São Roque, suas obras de manutenção, reparos, hibernação e preservação de plataforma inativas, bem como o desmonte das plataformas desmobilizadas para venda de sucata, reduzindo custos pelos serviços realizados em Canteiro próprio e propiciando trabalho e geração de renda na região.

Com a atual situação da Construção Naval, que ocasionou o fechamento do Estaleiro Enseada Indústria Naval SA., os Trabalhadores do Recôncavo Baiano, desempregados a um ano, estão passando necessidades sem opção de sustento de suas famílias.

Atualmente o Canteiro de São Roque do Paraguaçu, de propriedade da Petrobras, está inoperante, com varias plataformas atracada ao cais, que estão se deteriorando, e serão reparadas em outros locais com pagamentos de alugueis, onerando desta forma os custos das manutenções.

Sabemos que as obras de manutenção das plataformas não serão suficientes para absorver toda a mão de obra ociosa de São Roque, mas já será um inicio que permitirá, mesmo de forma modesta, a retomada da economia local que se encontra em estado de total abandono.

Contamos com sua ajuda para amenizar o sofrimento dos trabalhadores capacitados, da Região do Recôncavo Baiano, que vossa senhoria tão bem conhece.

Atenciosamente
Trabalhadores de São Roque do Paraguaçu

Comentários