Fundação Vovó do Mangue: Cultivo de ostras pode se tornar alternativa para comunidades do Guaí


O cultivo de ostras que estamos implantando nas comunidades de Capanema e Baixão do Guaí segue os moldes daquele realizado nos quilombos do Kaonge e Dendê, como mostrou o programa Bahia Rural transmitido ontem pela TV Bahia. Com estruturas construídas de bambu, coletores de sementes feitos de materiais recicláveis, gestão coletiva do empreendimento e monitoramento realizado também pela equipe do professor Moacyr Serafim da UFRB, teremos em breve ostras de qualidade produzidas em Maragogipe. Para saber mais, confira a reportagem!

O cultivo de ostra é uma das ações do Programa Pesca para Sempre realizado em parceria com a Rare Brasil, o ICMBio e a UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, com apoio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia e Bahia Pesca S/A.

Mais informações no Portal G1

Comentários