Oficina capacita marisqueiras beneficiárias do cultivo de ostra em Capanema e Baixão do Guaí

Conhecimento, experiência, alegria e esperança num futuro melhor. Essas foram algumas das respostas das marisqueiras de Capanema e Baixão do Guaí quando indagadas sobre o que elas levariam dos cinco dias de aulas na primeira oficina de capacitação.


“Elas superaram as minhas expectativas. São atentas, participativas e questionadoras. Senti que há uma unidade no grupo e não notei conflitos, pelo contrário, elas escutam umas as outras” avaliou a especialista em Tecnologia Social e Economia Solidária, Kátia Santos, no último dia de aulas sobre gestão compartilhada, realizadas de 22 a 26 de fevereiro.


Esta foi a primeira das seis oficinas que serão ministradas pela Secretaria de Política Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM) este semestre para capacitar as 30 famílias de marisqueiras beneficiárias do cultivo de ostra.

Comentários