Obras em estrada e atracadouros no entorno ao Estaleiro serão concluídas pelo Governo da Bahia neste ano

Quem passa pela BA-534 pode ver diariamente o movimento de máquinas patrol e rolos compressores. A obra de recuperação da rodovia, uma antiga reivindicação das comunidades ao Governo do Estado, segue em ritmo avançado. De acordo com a Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (SEINFRA), a rodovia BA-534, no trecho entre o entroncamento da BA-001 (Conceição de Salinas) e Cairu, já teve o serviço de terraplanagem concluído. Técnicos da Superintendência de Infraestrutura e Transporte (SIT), órgão vinculado à SEINFRA, informam que a entrega total da obra, 27,8 km, está prevista para setembro deste ano.


Pessoas como Dona Maria do Socorro, comerciante, moradora de Salinas da Margarida, levarão menos tempo para se deslocarem na região. “Essa estrada, quando ficar 100% pronta, vai melhorar muito a nossa vida. Hoje levamos 40 minutos para percorrer uma distância de 20 km. Sem falar na questão da segurança que vai melhorar bastante também. Só temos a ganhar com essa obra”, ressaltou a comerciante.


Além da rodovia, outra importante intervenção no entorno ao estaleiro está em processo avançado de execução: a ponte sobre o Rio Baetantã. Segundo a SEINFRA, os estudos para construção desse equipamento já foram concluídos. Atualmente, ela se encontra com 50% das estacas instaladas, além da execução de 30% da mesoestrutura (pilares) e 5% da superestrutura (laje). Com a ponte, a distância entre as comunidades ao longo da BA-534 e o município de Maragogipe será reduzida. O investimento é de R$ 42,5 milhões e o prazo para a conclusão informado pelo Governo é março de 2017.


As intervenções na BA-534 e as construções da ponte sobre o Rio Baetantã e do Atracadouro Bica do Monte Cristo (localizado no município de Saubara) fazem parte de um protocolo de intenções assinado entre a Enseada Indústria Naval e o Governo do Estado, como forma de garantir mais mobilidade e potencializar o desenvolvimento socioeconômico da região.


Atracadouros da região serão recuperados

A Baía de Todos-os-Santos será contemplada com um investimento de aproximadamente R$ 20 milhões do plano plurianual do Governo do Estado. Esse recurso será destinado à construção e recuperação de seis atracadouros: Bica do Monte Cristo (Saubara), São Roque do Paraguaçu (Maragogipe), Salinas da Margarida, Santiago do Iguape (Cachoeira), Mutá (Jaguaripe) e Vera Cruz. De acordo com Denisson de Oliveira, diretor de Terminais da SEINFRA, essas obras levam em média seis meses para serem entregues e estão previstas para serem concluídas no final de 2016.

“O atracadouro de Saubara teve a construção iniciada e, neste momento, está com a cravação de estacas concluídas. O píer já foi instalado e é feito de tabuado ecológico, com madeira sintética, que apresenta menos problemas com relação a sol e chuva. Essa obra está com 60% do serviço executado”, informou o diretor.

O píer de São Roque, que está com a estrutura comprometida, passará por estudos para que seja feita uma licitação para a obra de recuperação. De acordo com Oliveira, a SEINFRA vai fazer o levantamento inicial das necessidades. Em Salinas da Margarida, a população também vai poder contar com a reforma do píer local. “É um terminal de propriedade do Estado. A responsabilidade é nossa, porém atende ao município, principalmente por questões turísticas. Em abril, possivelmente as obras de recuperação completa serão iniciadas”, revelou o diretor.

Por Malany Freitas

Comentários