Cardozo entrega ao Senado a defesa de Dilma no processo de impeachment


O ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, acaba de entregar à Secretaria-Geral da Mesa do Senado a defesa da presidente afastada Dilma Rousseff no processo de impeachment que tramita na Casa e deverá ser apreciado pelo plenário ainda este ano. O documento tem 372 páginas e hoje (1º) é o último dia do prazo para a entrega da defesa de Dilma ao Senado.

Comentários