Carta aos cidadãos maragogipanos (Por Fábio de Pescoço)

Por Fábio de Pescoço


Carta aos cidadãos maragogipanos

Queridos amigos, venho aqui por esse moderno meio de comunicação dividir um pensamento com vocês, pensamento esse que não construir sozinho, mas com a instrução de Deus.

Assisto com muita estranheza quando vejo amigos, parentes e vizinhos se dividindo radicalmente entre, partidos políticos, candidato esse ou aquele; confesso que numa cidade de poucas oportunidades profissionais como a nossa, chega até ser tentador viver de tal maneira, mas antes devemos nos dar o luxo de entendermos que há decadas somente isso que nos foi oferecido pelos aproveitadores(as) de plantão, quase que anestesiados. 

Assistimos tudo quietinhos, seguimos a procissão para o matadouro, cantando e dançando, embriagados pelo vinho da desilusão. Mas é chegado o dia da ressaca moral; pois nos damos conta que existem duas substâncias de manipulação dos menos esclarecidos:

De um lado, um governo sujo pela corrupção e pela hipocrisia. De outro, a oposição que pensa que todo mundo é idiota e não se lembra do que fizeram quando estavam no governo.

Mas para todo mal existe uma cura.

Vamos colocar tudo no seu devido lugar, governante não é para ser indolatrado, pois são nossos funcionários e muito bem pagos, e como todo bom funcionário que se preza, respeita a empresa que trabalha, e trata bem o cliente que garante a sua boca.

Enquanto o que eu já tinha falado antes... Das indiferenças entre pessoas de posições políticas diferentes... É tudo que os aproveitadores de plantão querem, deixar todos nós bastantes ocupados, enquanto eles dão conta do fino e doce mel da colmeia.

Juntos nós resistimos, separados nós caímos.

Acorda Maragogipe!

Ass. Fábio de Pescoço

Comentários