Banco Postal: Parceria entre Correios e BB encerra no dia 02 de dezembro; Contrato temporário pode ser solução


Atualmente, o Banco Postal funciona regularmente em Maragogipe. Após a explosão ocorrida no Banco do Brasil, os Correios, através do Banco Postal prestam os serviços bancários básicos essenciais ao atendimento dos clientes do Banco do Brasil, resultado de parceria entre os Correios e uma instituição financeira. Sem este serviço, a situação pode se agravar no município, pois não existe previsão de retorno das atividades do Banco do Brasil.

Os Correios do Brasil não receberam nenhuma proposta de instituição financeira para prestar os serviços de correspondente do Banco Postal. Segundo aviso da empresa publicado na internet, não foi recebida nenhuma proposta técnica dos bancos, até o final do prazo na última sexta-feira, dia 11 de novembro. A reunião de seleção pública, marcada para hoje, dia 14 de novembro, foi cancelada devido à falta de propostas.

No aviso, não há informação se haverá novo edital para seleção pública. O Banco do Brasil assumiu o Banco Postal em janeiro de 2012, no lugar do Bradesco. O contrato com o Banco do Brasil termina no dia 2 de dezembro deste ano.

No dia 6 de outubro, o Banco do Brasil e os Correios encerraram negociações para ampliar os serviços do Banco Postal. E os Correios anunciaram um processo de seleção pública para escolher uma instituição financeira para prestação de serviços de correspondente bancário.

Em nota, os Correios informaram que permanece em negociação a assinatura de contrato temporário com o atual parceiro, o Banco do Brasil, para manutenção do serviço após o término do contrato atual. 

Confira na íntegra:
Brasília, 14/11/2016 - A reunião de abertura da seleção pública para escolha da instituição parceira na execução dos serviços do Banco Postal, marcada para esta segunda-feira (14), foi cancelada por não ter contado com bancos interessados.

Permanece em negociação a assinatura de contrato temporário com o atual parceiro, o Banco do Brasil, para manutenção do serviço após o término do contrato atual, em 2 de dezembro próximo.

O contrato temporário terá a vigência de até seis meses, prorrogáveis pelo mesmo período, e garantirá a normalidade dos serviços do Banco Postal enquanto os Correios avaliam o projeto de prestação de serviços bancários em sua rede de atendimento.

Comentários