Secretaria de Aquicultura e Pesca orienta a liberação de pagamento do Seguro Defeso na Bahia


Os pescadores do município de Maragogipe e de toda a Bahia estão preocupadíssimos com a questão do Seguro Defeso. Até a presente data, os pescadores ainda não receberam o benefício. Uma situação que preocupa centenas de famílias em todo o município.

Hoje, em contato com o assessor da FAPESCA/BA e do mandato do Deputado Marcelino Galo, Sr. Antonio Marcos, recebemos uma cópia do ofício enviado pela Secretaria de Aquicultura e Pesca para a Previdência Social - Brasília, com relação ao seguro desemprego (defeso) do pescador artesanal. 

Depois de 1 ano de muita luta, na qual houve um engajamento especial da assessoria da Pesca do mandato do deputado Marcelino Galo (PT), através do companheiro/assessor Antônio Marcos, conseguimos que o direito ao seguro defeso da piracema fosse restituído aos pescadores dos açudes das comunidades de Pinhões, em Juazeiro, Brumado, em Rio de Contas, Quicé, em Senhor do Bonfim, e Champrão, em Condeúba, e dos municípios de Tremedal, Adustina, Adorinha, Araci e Anajé. 

Também conseguimos a liberação do acesso ao seguro defeso do camarão, o que beneficia diretamente pescadores de Salvador, Ituberá, Igrapiúna, Valença, Maragogipe, Santo Amaro, Saubara, Salinas, Canavieiras, Nova Viçosa, Prado, Alcobaça, Mucuri e outros municípios que existe o defeso do camarão. 

Segundo Marcelino Galo "A autorização já foi encaminhada à Previdência Social pela Secretaria de Aquicultura e Pesca através do Ofício nº 279/2016, para que os companheiros da pesca que tem direito ao benefício possam ter acesso ao mesmo em nosso estado. Agora só depende do INSS. A Pesca é um dos compromissos fundamentais do nosso mandato, e não medimos esforços para defender essa categoria tão importante para Bahia! Vamos à luta!"




Comentários