É lei: Torcida do Bahia é reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial da Bahia


Agora é lei! Tradicionalmente conhecida pela devoção e amor ao Esporte Clube Bahia, a torcida tricolor foi reconhecida como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado da Bahia.

A pauta foi proposta pelo eterno ídolo tricolor, campeão do Brasileirão de 1988, e atual deputado estadual, Bobô (PCdoB). Ainda em outubro, a matéria foi votada e aprovada por unanimidade pela Assembleia Legeslativa da Bahia (AL-BA). Nesta semana, o governador Rui Costa assinou o decreto.

O que é? Patrimônio Cultural e Imaterial são práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas que passam por geração e geração e seguem sendo recriadas com o passar dos anos, por comunidades e grupos que vivem em função de seu ambiente, assim gerando um sentimento de identidade e continuidade.

Confira na íntegra o texto de decreto assinado pelo governador Rui Costa:

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º - Fica reconhecida a torcida do Esporte Clube Bahia como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado da Bahia, nos termos do art. 216 da Constituição Federal e art. 271 da Constituição do Estado da Bahia.

Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data desta publicação.

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 15 de dezembro de 2016.

RUI COSTA
Governador

Bruno Dauster
Secretário da Casa Civil

Comentários