Festa da Purificação em Santo Amaro movimenta economia do Recôncavo baiano


Localizado no Recôncavo Baiano, o município de Santo Amaro realiza, do dia 23 de janeiro até 2 de fevereiro, a Festa em Homenagem à Nossa Senhora da Purificação. A expectativa da prefeitura é de que durante os 11 dias da programação, cerca de 200 mil pessoas participem, dentre elas turistas de outras regiões da Bahia, de outros estados e do exterior.

Com a marca da tradição baiana de reunir sagrado e profano nas comemorações religiosas do Estado, a festa acontece há quase 300 anos, com novenário, missa, procissão e atrações musicais. O ponto alto das comemorações é a Lavagem da Igreja de Nossa Senhora da Purificação, que acontece no domingo (29/1).

O cortejo, formado por baianas tipicamente trajadas e centenas de pessoas vestidas de branco, saem do centro da cidade, por volta das 10h, em direção à Igreja da Purificação, onde acontece o ritual da lavagem do adro com água de cheiro. O som de banda de sopro anima todo o trajeto. Neste dia, o novenário iniciado no dia 23/1 é interrompido, sendo retomado no dia 30/1 (segunda-feira). Já o dia festivo (2/2) começa com alvorada, às 4h seguida de missa festiva, às 10h. Às 17h acontecem procissão e bênção do Santíssimo Sacramento.

Movimento na economia – A festa anima os comerciantes de um modo geral. A hotelaria trabalha com números positivos. O Hotel da Purificação, por exemplo, já contabiliza um movimento animador. Dos 39 apartamentos, 34 já estão reservados. “Recebemos turistas da Espanha, Venezuela e São Paulo. Fazemos tudo para que o evento se consolide, pois movimenta a hotelaria e a economia do município”, diz Francisco Ribeiro, responsável pelo Hotel da Purificação.

Outro segmento que aposta na boa movimentação é o de alimentação. Proprietária do Restaurante Trilhos Urbanos, Mércia Costa, 22 anos de experiência no comércio de Santo Amaro, espera uma grande afluência durante todo o novenário. “Mas o dia D para nós será o dia da Lavagem, quando vem muita gente de fora”, destaca.

Esta também é a avaliação de Cláudio Afonso, chefe de cozinha da Churrascaria Boi na Brasa. “Estamos preparados para atender a todos os gostos, do churrasco à moqueca, passando pelo famoso cozido com pirão, mocofato, feijoada, sarapatel, mariscada e maniçoba, que são comidas regionais que não podem faltar”, lembra.

De passagem por Santo Amaro com destino a Cabuçu, Walter Almeida, 39 anos, se diz encantado pela cidade. “É a primeira vez que venho e achei a cidade muito acolhedora, com uma culinária excelente. Estou me programando para retornar na festa”, disse.

Música – Atrações nacionais, locais e regionais, como Paralamas do Sucesso, Vanessa da Mata, Carlinhos Brow, Samba Chula de Nicinha, Raízes de Santo Amaro e Saulo Fernandes, vão animar moradores e turistas no período da festa. Serão três palcos, com shows a partir das 18h e 22h. Um parque infantil vai entreter a garotada.

Fonte: Setur / Bahia

Comentários