Governo prorroga prazo para permanência de haitianos no Brasil


O Conselho Nacional de Imigração do Ministério do Trabalho e o Departamento de Migrações do Ministério da Justiça prorrogaram para maio de 2017 o prazo para permanência de haitianos que estão com status migratório provisório no Brasil.

O adiamento foi motivado pelas dificuldades para a solicitação do registro dos haitianos em algumas cidades.

A concessão de permanência no Brasil foi autorizada no fim de 2015 para 43.781 imigrantes haitianos que entraram no país pela fronteira com o Acre, a partir de 2010, e não se enquadram na condição de refugiados.

De acordo com o Ministério do Trabalho, desse total, 31.223 cidadãos haitianos concluíram seus registros permanentes no país (71,17%). Pouco mais de 28% ainda precisam terminar seus processos de regularização.

Fonte: Agência Brasil de Notícias

Comentários