Piratas do Recôncavo: Assaltos, arrastões e saques; Uma péssima imagem!


A onda de violência toma conta de Maragogipe e assusta moradores tanto da zona urbana quanto rural. No dia 03 de janeiro, moradores da zona rural reclamaram de arrastões de assaltos nas residências de comunidades rurais de Maragogipe: Imbaíbas e Volta do U. O clima de insegurança na zona rural é geral.

Hoje, dia 05 de janeiro, mais um arrastão ocorreu no município de Maragogipe. Desta vez, foi na comunidade de Coqueiros do Paraguaçu. Moradores entraram em contato com o blog afirmando que bandidos fizeram um arrastão na comunidade, soltando titos para o alto para assustar, causando pânico e insegurança. 

Segundo informações do Comando da PM para o Maragogipe Agora, não houve tiros e os bandidos fugiram pelo rio. Todavia, moradores de Coqueiros reafirmaram que houve tiros sim, e que a polícia chegou minutos após o acontecido. 

Segundo a Coluna Satélite do Correio 24 horas, sob o título "Piratas do Recôncavo" - "Facção do crime que toca o terror em Nazaré, Cachoeira, Saubara e municípios próximos, há especialistas em pilhar embarcações que aportam na Baía de Todos os Santos e no curso final do Rio Paraguaçu. Recentemente, o dono de um catamarã de 46 pés resolveu subir a foz do rio e visitar Maragogipe com a família e amigos americanos. A turma saiu para conhecer a cidade; ele ficou com o marinheiro no atracadouro para vigiar o catamarã. Resultado: ambos foram cercados por bandidos armados que chegaram em uma lancha e tiveram que entregar pertences a bordo e R$ 2 mil em dinheiro. Ao procurar a polícia para registrar o assalto, souberam que o bando de traficantes era o responsável pela onda de pirataria no Recôncavo."

A população maragogipana está preocupada, pois sabemos o quanto que o município de Maragogipe está sofrendo e o quanto necessita de ações permanentes que mudem a realidade municipal. Não dá para uma gestão esperar uma atitude do governo do Estado. Precisa haver pressão constante. Tanto por parte dos agentes políticos do município quanto por parte da população.

Acreditamos na necessidade de um Plano Municipal de Segurança Pública e da instalação de um Conselho Municipal de Segurança Pública, assim como há necessidade do reaparelhamento urgente da Polícia Militar e Civil. O Governo do Estado precisa acelerar os passos. A população precisa participar efetivamente. A Prefeitura Municipal de Maragogipe precisa tomar uma atitude. As prefeituras do recôncavo da Bahia precisam utilizar o Consórcio Intermunicipal num pacto de segurança pública. Algo precisa ser feito!

A situação no recôncavo da Bahia é triste. A nossa imagem perante a sociedade baiana precisa mudar. Urgentemente!

Comentários