Lilian Denise afirma que Prefeitura de Maragogipe errou grosseiramente


Este dia 26 de março está agitado, a presidente da APMM, Lilian Denise afirmou que a Prefeitura de Maragogipe errou grosseiramente e que tenta jogar os professores contra os vereadores.


Leia sua nota que circula nas redes sociais:

A prefeitura de Maragogipe cometeu um erro grosseiro ao enviar um projeto de lei para Câmara de Vereadores com o piso dos professores. Primeiro por quê pagou e depois enviou o projeto, depois por quê quando publicou a lei retirou o segundo artigo da lei original, que consta quando a lei entra em vigor, motivo pelo qual só poderia pagar o piso após 45 dia a partir da data de publicação, por último por quê não admitiu o erro e jogou a culpa para os vereadores de oposição, afirmando que os mesmos teriam votado contra, quando foi desmentida, pois ata da sessão comprova que a lei fora aprovada por unanimidade e depois quis afirmar que os vereadores que retiraram o segundo artigo da lei, só que contra provas não há argumentos e câmara comprovou exibindo o documento que retornou para publicação com o Art. 2º.

E se instalou uma guerra política em torno do assunto. O sindicato dos professores diz que a prefeita não cumpriu o acordado de colocar na lei o piso retroativo a janeiro, e cobram ação dos vereadores também nesse sentido. Os vereadores da oposição depois da gestão tentar jogar a classe contra eles prometem denunciar por improbidade administrativa. O presidente da comissão sofre pressão dos sindicatos e da gestão, mas afirma que fará tudo dentro da lei.

Comentários